Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Gnomo

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Gnomo
  • tipo = Criatura pequenina
  • características = possui uma cabeça grande e come vermes.
  • Aparece pela Primeira Vez = A Câmara Secreta


Visão Geral[editar | editar código-fonte]

O Gnomo é uma praga comum de jardim, encontrado através de toda América do Norte e norte da Europa. Seu corpo é fora de proporção porque sua cabeça é muito grande, os Gnomos possuem garras afiadas e pés ossudos. Em geral um Gnomo cresce até uns 31 centímetros.

Descrição Estendida[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A forma mais popular de remover Gnomos do seu jardim, é agarrá-los, girá-los no ar até ficarem tontos e depois atirá-los sobre o muro ou cerca para fora do seu jardim. De acordo com Gilderoy Lockhart isso faz com que o Gnomo fique desorientado e não consiga encontrar o caminho de volta; no entanto, parece que essa desorientação é apenas temporária porque Harry vê os Gnomos do jardim dos Weasleys voltarem, pouco depois que essa técnica foi usada para removê-los.

No casamento, em As Relíquias da Morte, Luna Lovegood fica muito feliz porque um Gnomo mordeu seu dedo. Seu pai, Xenophilius explica que a saliva dos Gnomos contém diversas propriedades benéficas. Mas isso é duvidoso, porque os Lovegoods têm muitas crenças peculiares sobre criaturas mágicas.

É possível talvez, ensinar um Gnomo a falar inglês, como diz Ron, a certa altura, que os Gnomos deles “sabem um bocado de excelentes palavrões”, isso nos faz imaginar se foram Fred e George os professores.

Análise[editar | editar código-fonte]

Em A Câmara Secreta, podemos ver a primeira indicação de que Gilderoy Lockhart não é o bruxo que ele afirma ser. A técnica para eliminar Gnomos do jardim foi extraída do livro Guia de Gilderoy Lockhart Para Eliminar Pragas do Jardim. Ela parece efetiva quando os Gnomos, depois que são atirados para fora do jardim, caminham para o lado errado. Mas à tardinha do mesmo dia, quando Harry olha pela janela de Ron, ele vê os Gnomos voltando sorrateiros para o jardim dos Weasleys. Tendo criado os Gnomos e infestado o jardim dos Weasleys com eles, a autora forçosamente teve que fazê-los aparecer sempre na Toca. No final, Bichento, o gato, caça um dentro de uma bota e um deles é enfeitiçado para ser colocado como o anjo na ponta da árvore de Natal.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]