Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Fidelius

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Fidelius

Visão Geral[editar | editar código-fonte]

O feitiço Fidelius é “imensamente complexo” ele oculta um segredo numa alma viva (numa criatura) – “o fiel do segredo”. Esse termo vem do latim “fides” que significa fé. Esse encanto é descrito pela primeira vez no livro O Prisioneiro de Azkaban capitulo 10. Também é mencionado em A Ordem da Fênix e também em As Relíquias da Morte.

Descrição Estendida[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

O encanto Fidelius é uma proteção muito poderosa para guardar informações; tendo guardado o segredo numa alma, mesmo com uma inspeção direta do segredo, não será revelado.

O Professor Flitwick ao descrever o feitiço diz: “Desde que o Fiel do Segredo se recuse a falar, Você-Sabe-Quem pode procurar na vila inteira por Lily e James, durante anos e nunca encontrá-los, mesmo que esteja com o nariz colado na janela da sala de estar deles!”

Lily e James foram se esconder porque tiveram a informação de que Lord Voldemort estava procurando por eles, especificamente. A conclusão a que todos chegaram nesse momento, corretamente, foi de que o Fiel do Segredo, voluntariamente contou para Voldemort.

A localização do Quartel General da Ordem da Fênix, também é protegida pelo feitiço Fidelius; nesse caso, o Fiel do Segredo é Albus Dumbledore. Nesse ponto da história, Dumbledore não quer falar diretamente com Harry, mas ele pode dividir através da escrita, a informação de onde está localizada a Ordem . Depois de mostrar o bilhete a Harry, Alastor Moody avisa que ele não pode ler alto e nem repetir; podemos imaginar porque, porque o feitiço Fidelius impede qualquer pessoa, menos o Fiel do Segredo de revelar... portanto, se presume que Harry deve ter sido impedido, de alguma maneira de falar o que estava escrito no bilhete.

Análise[editar | editar código-fonte]

Perguntas[editar | editar código-fonte]

  1. O que teria acontecido se Harry tivesse tentado ler alto o bilhete sobre a localização da Ordem?

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

J. K. Rowling had implied nesse link, a autora sugere que, quando um Fiel do Segredo more, a habilidade de divulger o segredo morre com ele. O feitiço Fidelius impede que alguém, exceto o Fiel do Segredo possa revelar o mesmo; as pessoas a quem ele conta o segredo são cúmplices dele, claro, mas não podem contar para mais ninguém. No caso da morte do Fiel do Segredo, então, cada pessoa que saiba o segredo vai manter esse conhecimento; mas já se sabe que não poderão passar o segredo para mais ninguém. Se esse fosse o caso, seria difícil mudar o Quartel General da Ordem após a morte de Dumbledore. O segredo que Dumbledore protege é a localização do Quartel General da Ordem; se o poder de passar o segredo morreu com aquele que guarda o segredo, não seria possível contar a ninguém, mesmo aos que sabem o segredo, onde o Quartel General ficava. Se a Ordem se dispersasse, presumivelmente causaria uma discussão a respeito e quebraria o feitiço, mas isso só deverá acontecer muito depois que Voldemort seja finalmente derrotado.

Além disso, isso causa alguns problemas para Harry no livro 7. É sua intenção visitar a casa de seus pais na vila de Godric's Hollow; mas como o Fiel do Segredo, Peter Pettigrew, aparentemente está mantendo o segredo, será difícil para Harry encontrá-la. Mas, na verdade, não pareceu difícil para Hagrid encontrar a casa imediatamente após o incidente; enquanto Sirius Black também estava presente, quase que certamente, Pettigrew tinha contado o segredo para ele.

Há muitas discussões em vários fan sites sobre o “dia perdido”; Voldemort estava morto durante um dia antes que Hagrid aparecesse na Rua dos Alfeneiros com Harry. Muitos fãs acreditam que o que ocorreu durante aquele dia era de grande importância para os eventos do sétimo livro. É possível que se o feitiço Fidelius ainda estivesse ativo, Hagrid não conseguiria encontrar o local até que um dos participantes do segredo estivesse lá. Com certeza imaginamos que Sirius, sendo um dos Marotos, soubesse da localização dos Potters; de fato, ele diz no livro O Prisioneiro de Azkaban que ele viu “os corpos e a destruição” da casa, portanto ele deveria saber o segredo, mesmo antes do feitiço Fidelius ter sido lançado, ou porque Pettigrew informou a ele depois. Se o feitiço Fidelius estivesse ainda ativo, Hagrid não teria conseguido entrar nas ruínas da casa para resgatar Harry, até que Sirius chegasse; e certamente foi Sirius quem tirou Harry dos escombros e o entregou para Hagrid para levá-lo a Little Whinging. (Além disso, Hagrid levou Harry até os Dursleys na moto voadora de Sirius). Contra essa tese, existe a afirmação de Hagrid de que ele próprio tirou Harry dos escombros, o que implica dizer que Hagrid sabia do segredo, ou que o efeito do feitiço Fidelius terminou com a morte dos Potters.

Isso significa, no entanto, que a afirmação da autora é estranha. Olho-Tonto Moody explica que com a morte de Dumbledore, todos que faziam parte do segredo antes, se tornaram Fiéis do Segredo. O resultado é que quando Hermione sem querer aparata junto com Yaxley, um Comensal da Morte, na frente de Grimmauld Place, ela acredita que revelou o segredo para ele.

O feitiço Fidelius é um dos vários, que parece que tiveram seus efeitos alterados ao gosto da autora no decorrer da história. Primeiro, claro, existe a questão, o que acontece ao segredo quando o Fiel do Segredo morre; o que estava escrito no web site da autora, e o que de fato aconteceu foram um tanto diferentes, como já foi dito. Parece que a autora mudou o funcionamento, para fazer com que todos os que soubessem o segredo se tornassem Fiéis do Segredo, como parece que foi necessário para forçar Harry, Ron e Hermione a sair de Grimmauld Place. Além disso, e novamente no ultimo livro, Harry com a ajuda de Dobby, escapa para a Casa das Conchas, uma casa segura protegida, como foi dito, pelo feitiço Fidelius. Novamente, Harry, embora não tivesse sabido sua localização através de Bill Weasley, o Fiel do Segredo, consegue encontrar a casa imediatamente, na chegada. Reconhecemos que, já sabíamos que Dobby podia levar pessoas até a Casa das Conchas, embora fosse muito difícil que ele tivesse sabido o segredo através de Bill Weasley; é possível que a magia de Dobby, sendo um elfo doméstico, dê a ele a habilidade de ultrapassar um feitiço Fidelius, mas isso não se estenderia a Harry, Hermione, Mr. Ollivander, Luna Lovegood ou Dean Thomas todos eles acompanharam Harry e Ron até a Casa das Conchas nessa ocasião e nenhum deles teve chance de saber o segredo através de Bill Weasley.