Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Avada Kedavra

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Avada Kedavra
  • tipo = Feitiço (Spell) Maldição (curse)
  • características = mata instantaneamente.
  • Aparece pela Primeira Vez = A Pedra Filosofal embora não seja identificado até O Cálice de Fogo


Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Avada Kedavra, também é conhecido como Maldição Mortal, mata uma pessoa instantaneamente e sem ferimentos. Não há contrafeitiço para isso, e a única pessoa que sobreviveu a essa maldição foi Harry Potter. As maldições mais terríveis no mundo mágico são Império, Cruciatus e Avada Kedavra, elas são chamadas de Maldições Imperdoáveis; o uso de qualquer uma delas em outro ser humano é punido com prisão perpétua em Azkaban.

Descrição Estendida[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A maldição Avada Kedavra é reconhecível pelo flash de luz verde e o ruído (como algo correndo, veloz) emitido pela varinha do conjurador.

Avada Kedavra é uma frase em aramaico que significa Eu vou destruir enquanto falo. Embora as palavras possam ter sido escolhidas para serem parecidas com o encantamento de brincadeira dos Trouxas “abra cadabra”, isso não é confirmado. Essa maldição é conhecida pela maioria dos bruxos como a marca registrada de Lord Voldemort. A Maldição Mortal é usada diversas vezes pelos bruxos do mal, e muito raramente pelos bruxos do bem:

  • Em O Cálice de Fogo ela é usada, mas não identificada, por Voldemort contra Frank Bryce. Nós somos apresentados a ela na aula de Defesa Contra as Artes das Trevas, pelo falso Moody. É usada por Perebas a mando de Voldemort, para matar Cedric Diggory, e mais tarde é usada contra Harry pelo reaparecido Voldemort, embora tenha sido bloqueada pelo efeito Priori Incantatem.
  • Em A Ordem da Fênix, ela é usada por Lord Voldemort contra Albus Dumbledore, e bloqueada por Fawkes a fênix de estimação de Dumbledore, no clímax da Batalha no Ministério da Magia. É possível que Bellatrix Lestrange tenha usado essa maldição contra Sirius Black, na mesma batalha, a maldição específica que Bellatrix usou não foi nomeada, e a expectativa de Harry de que Sirius iria aparecer do outro lado do arco, indica que foi outra maldição não fatal, que apenas o empurrou através do Véu.
  • Em O Enigma do Príncipe, é usada uma vez por Bellatrix Lestrange para matar uma raposa, e uma vez por Severus Snape contra Albus Dumbledore. Essa maldição parece ser também, a usada por Thorfinn Rowle contra Remus Lupin; a maldição errou Lupin, acertando o colega Comensal da Morte, Gibbon.
  • Em As Relíquias da Morte, há uma descrição de múltiplos "flashes de luz verde” durante a terrível Batalha de Hogwarts, no final do sétimo ano de Harry, o que nos leva a crer que a maldição foi usada por vários bruxos, em ambos os lados da batalha. Também foi usada muitas vezes por Voldemort quando ele está em busca da Varinha das Varinhas, e numa explosão de raiva, ele usa a maldição contra seus próprios seguidores, quando descobre do roubo da taça Horcrux, do cofre de Bellatrix. Avada Kedavra também é usada pelos Comensais da Morte durante a fuga de Harry da Rua dos Alfeneiros, e por Voldemort contra Harry, na Floresta Proibida. Essa mesma maldição deve ter sido usada, embora não nomeada, por Mrs. Weasley para matar Bellatrix Lestrange durante o duelo na Batalha. Anotamos o fato de que é muito pouco provável que Molly usasse uma maldição imperdoável, especialmente Avada Kedavra, se um feitiço simples como Expelliarmus poderia matar, se fosse usado com força suficiente e direto no coração.
  • Embora não tenha sido confirmado, a “luz verde” de que Harry se lembra desde muito novo, e que é mencionada nos primeiros três livros, é certamente a tentativa falha de Voldemort ao usar o Avada Kedavra contra Harry. Em As Relíquias da Morte, capitulo 17, vemos na lembrança de Voldemort que ele usou a maldição contra o pai de Harry, contra a mãe e finalmente contra o próprio Harry.
  • Em O Cálice de Fogo, ficamos sabendo que quando Barty Crouch era chefe do Departamento dos Aurores, eles eram autorizados a usar força mortal contra os Comensais da Morte. Assim imaginamos que isso, ocasionalmente, era usar a maldição Avada Kedavra.


Análise[editar | editar código-fonte]

A idéia de causar a morte usando uma palavra é talvez, uma das coisas que fazem alguém desejar que a magia existisse, como se o mundo pudesse ser, digamos, mais civilizado, se a retribuição aos atos cruéis pudesse ser tão rápida e fácil e finalmente aplicada. É claro, que mesmo no mundo mágico, isso não é tão simples. Sabemos que a mente de quem conjura um feitiço, é crucial para o funcionamento de qualquer feitiço, notadamente Riddikulus, usado contra o bicho papão e Expecto Patronum usado contra os dementadores. Além disso, Bellatrix Lestrange zombou de Harry por sua inabilidade para lançar uma boa maldição Cruciatus durante a Batalha no Ministério. Portanto, imaginamos que para ser capaz de lançar uma Maldição Mortal que de fato funcione, sua mente deve estar cheia de emoções controversas com relação ao seu alvo. Poderia ser aversão, necessária para lançar a maldição Cruciatus, ou talvez ódio, como Voldemort parece ser craque nisso, não sabemos. O que sabemos é que deve ser necessário uma grande quantidade de poder mental; é possível que bruxos mais fracos não possam lançar esse tipo de feitiço.

É claro que um estado mental específico para lançar a maldição, não é suficiente para evitar que ela seja usada; o estado mental pode ser aprendido. Consequentemente, a necessidade de usar a maldição resulta em prisão pérpetua. Isso parece um pouco duro, uma vez que em determinadas circunstâncias, usar a maldição mortal pode ser a única opção; mas, novamente esses livros foram escritos para crianças e as crianças precisam ter confiança de que crimes serão punidos.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

  1. Como Harry Potter sobreviveu à maldição Avada Kedavra?
  2. Lord Voldemort sobreviveu à maldição quando ela voltou contra ele, e em que estado ele ficou caso tenha sobrevivido?

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

É muito importante saber que Harry nunca usou essa maldição, ele próprio, embora já tenha usado as outras duas Maldições Imperdoáveis. A morte de Voldemort foi causada pelo seu próprio uso da maldição contra Harry e a volta da maldição contra si mesmo.