Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Acromântula

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Acromantula
  • tipo = Criatura
  • características = Aranha, enorme, venenosa, capaz de falar, vigilante.
  • Aparece pela Primeira Vez = A Câmara Secreta


Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Uma Acromantula é uma aranha enorme e venenosa, coberta por grossos pelos negros. É uma criatura carnívora e tem pinças que fazem um som de click click quando provocada. A fêmea é maior do que o macho e coloca uns cem ovos de cada vez. As Acromantulas são criaturas inteligentes, capazes de falar como os humanos, ainda que não tenham sido ensinadas.

Descrição Estendida[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

As Acromantulas são originárias das selvas densas de Bornéu, onde dizem, os bruxos as criaram e elas são uma das causas da Lei do Banimento da Criação Experimental.

O veneno da Acromantula por ser raro de conseguir, tem imenso valor, afinal é quase impossível de se obter de uma aranha viva. Como as Acromantulas comem seus mortos, é muito difícil encontrar uma de quem se possa extrair o veneno. Seus ovos – grandes, macios e de cor branca – são artigos Não Comercializáveis Classe A.

Embora não tenha sido mencionado em A Câmara Secreta, Aragogue é uma Acromantula. A população de Acromantulas da Floresta Proibida é formada por seus filhos, e ele deve sua vida a Hagrid, que o criou num armário no castelo de Hogwarts há cinqüenta anos atrás. O fato dele ser uma Acromantula é descoberto em O Enigma do Príncipe.

Durante a Terceira Tarefa no Cálice de Fogo, uma Acromantula é uma das criaturas que os Campeões devem vencer para alcançar a Taça Tribruxo, no centro do Labirinto; Harry é quase derrotado por ela. As Acromantulas também têm um pequeno papel em As Relíquias da Morte, quando os Comensais da Morte as dirigem para o Castelo de Hogwarts, como parte da Batalha de Hogwarts.

Análise[editar | editar código-fonte]

Aranhas, em geral, e aranhas grandes em especial, são motivo de medo para o ser humano desde tempos imemoriais. Algumas teorias sugerem que o medo de aranhas pode ser inato.

Independente de ser aprendido ou inato, o medo extremo e irracional de aranhas (chamado Aracnofobia) é um dos tipos mais comuns de fobias humanas. A tradição literária também é rica em vilões aranhas. Um dos exemplos mais óbvios é a aranha gigante Shelob no livro de J.R.R. Tolkien, O Senhor dos Anéis.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]