Saltar para o conteúdo

Guia de problemas matemáticos/Números complexos/Complexo de menor argumento em função de duas constantes

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.

O problema[editar | editar código-fonte]

Sejam a e k constantes reais, sendo a > 0 e 0 < k < 1. De todos os números complexos z que satisfazem a relação , qual é o de menor argumento?

Uma solução[editar | editar código-fonte]

Primeiramente, vamos pensar em todos os complexos w que possuem módulo menor ou igual a ak. Podemos perceber que eles formam um círculo, de centro O (0,0) e raio igual a ak. Ok. Agora, pelo enuncidado, temos que:

Então, temos que todos os complexos z que satisfazem o enunciado serão dados pela soma de todos os complexos w com o fator ai. Sendo assim, se todos os complexos w formavam um círculo de centro O e raio ak, agora todos os complexos z formarão outro círculo, de mesmo raio ak, porém com centro em (0,a). Todas essas coordenadas e figuras expressam-se no plano de Argand-Gauss. Para um melhor entendimento, eu montei essa imagem (na imagem, ):

Figura 1.

Agora, nós já sabemos onde procurar pelo complexo z de menor argumento. Mas, como encontrá-lo?!

Bom, sabe-se que, quanto menor o argumento, maior será o cosseno desse ângulo, se ele pertencer ao 1° quadrante. Então, precisamos encontrar o complexo z que fornecerá o argumento com maior cosseno. Se nós traçarmos o módulo do complexo z, do ponto O até as coordenadas de z (lembre-se, z pertence ao círculo c, em vermelho, da figura acima), veremos que o menor argumento ocorrerá exatamente quando o módulo de z for tangente ao círculo c. Dessa maneira, teremos um triângulo retângulo com hipotenusa igual a a, catetos iguais a ak e |z|. Outra imagem para um melhor esclarecimento:

Figura 2.

Aproveitando a imagem, eu coloquei também os lados x e y do complexo z. Portanto, se encontrarmos x e y, encontramos o complexo z. Mas como encontrar x e y ? É um pouco simples: o triângulo formado por a, ak e |z| é semelhante ao triângulo formado por |z|, x e y, sendo a proporcional a |z|, ak proporcional a x e |z| proporcional a y. Então, vamos aos cálculos!


Primeiro, calculemos |z|:



Agora, vamos às semelhanças dos triângulos:

Seja o argumento de z. Então:


Logo, se z = x + yi:

.


Caso você tenha uma outra solução, sinta-se livre para editar o artigo, apenas utilize a aba "Discussão" para discutir as soluções antes de alterar o tópico. Sinta-se livre também para comentar, criticar ou sugerir qualquer coisa.