Groovy e Grails

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikibooks-logo-pt.svg Este livro ou módulo precisa ser formatado segundo o modelo wiki e/ou organizado conforme as convenções do Wikilivros. (discuta)
Por favor ajude a formatar este módulo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação.
Nuvola apps edu miscellaneous.png Esta página é um monomódulo, ou seja, não está inserida em nenhum livro e/ou não tem subpáginas.
Ajude o Wikilivros inserindo-a em um livro existente ou por criar.

Introdução[editar | editar código-fonte]

Groovy[editar | editar código-fonte]

Groovy é uma linguagem de programação ágil, dinâmica e orientada a objetos desenvolvida para a plataforma Java como alternativa à esta. Ela possui muitas características inspiradas em linguagens como Python, Ruby e Smalltalk. Ele é um projeto de Software Livre hospedado na Codehaus responsável por outros projetos como XStream, Pico/Nano Container, AspectWerkz, ActiveMQ, JMock, Drools e tantos outros e é padronizada pela JSR 241.

Grails[editar | editar código-fonte]

Já o Grails é o resultado dos avanços que foram feitos no campo de aplicação web baseadas em frameworks Java, que se utiliza da linguagem de programação Groovy. Grails é a "próxima geração" de framework de desenvolvimento web Java que baseia-se nas melhores técnicas e soluções das tecnologias de frameworks Java existentes, e as combina com o poder e inovação do desenvolvimento das linguagens dinâmicas. O resultado é uma estrutura que oferece a estabilidade da tecnologia que conhecemos e amamos que nos protege da configuração e complexidade dos projetos que tornam o desenvolvimento web um tédio. Grails lhe permite gastar seu tempo implementando recursos, não editando XML.