GNU Health/Prefácio

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< GNU Health
Ir para: navegação, pesquisa

Prefácio[editar | editar código-fonte]

Independentemente das realizações notáveis da tecnologia, milhares de crianças irão morrer hoje de doenças que podem ser evitadas. Doenças infecciosas como a malária, chagas, AIDS, tuberculose ou diarréia infeciosa destróem milhares de famílias em países em desenvolvimento. Doenças não transmissíveis incluindo obesidade, diabetes, cardiopatias, câncer ou síndrome depressiva profunda atingem tanto o Norte e o Sul, embora com muito maior prevalência e incidência entre os setores carentes. Igualmente importantes são os níveis alarmantes de trabalho infantil, tráfico humano e escravidão sexual, violência familiar, abuso ou dependência de drogas. Questões complexas, multi etiológicos e antropológicos também existem e precisam desesperadamente serem resolvidas.


Precisamos de uma mudança de paradigma: Precisamos nos afastar do Modelo de Doença "reativo", para o Modelo de Saúde "pró-ativo". Muitos países não têm uma boa saúde pública, por vezes, porque eles colocam o foco no setor privado; às vezes, porque eles dão muita ênfase à tecnologia. A tecnologia mais sofisticada nunca vai bater as boas políticas de Cuidados Básicos da Saúde. Educação, boa nutrição, afeto familiar, exercício físico, e de condições de saneamento e habitação são as melhores e mais sustentáveis políticas públicas que se pode fazer. O conceito de Medicina Integrada está sempre presente no GNU Health.

GNU Health - paradigma de Sistema de Saúde

Eu iniciei o projeto GNU Health em 2008 para melhorar Atenção Básica em Saúde (ABS) nas comunidades rurais. Atualmente o GNU Health tem evoluído para um completo sistema de Saúde e de Informação Hospitalar, mas o espírito permanece o mesmo. O GNU Health complementa o ABS, mas nunca irá substituir o trabalho da mãe, professora, enfermeira, médico ou assistente social. O GNU Health faz bem é a manipulação e processamento de grandes quantidades de dados. O GNU Health gere dados demográficos; avaliação do paciente, hospitalizações, história clínica; riscos genéticos e hereditários; recursos epidemiológicos e de centros de saúde (estoque, finanças, recursos humanos, farmácias, laboratórios, etc.), para citar apenas alguns recursos. O poder de computação e processamento de dados melhora o trabalho em equipe e otimiza as campanhas de promoção da saúde e prevenção de doenças. Por exemplo, o GNU Health permite a rápida identificação de novas TBC ou surtos de dengue, mostrando os índices de casos em um mapa, em tempo real. Pode mostrar as tendências no nível de infestação de vetores que transmitem a doença de Chagas em unidades domiciliares; Ele pode cruzar indicadores em diferentes comunidades, e relacionar determinantes sociais da saúde em muitas condições (violência familiar, gravidez na adolescência, mortalidade infantil, etc.).

GNU Health é uma filosofia. É colocar o Software Livre como um bem público, e como parte integrante da Saúde Pública. É sobre capital próprio, o trabalho da comunidade e da solidariedade. Trata-se de capacitar os profissionais de saúde, os centros de saúde e suas comunidades. Trata-se de colocar em ação muitos aspectos a partir de Alma-Ata.

GNU Health é sobre abraçar o paradigma do Sistema de Saúde, em vez do sistema convencional de doença que muitos países estão imersos hoje.

Espero que você aproveite este livro, e eu conto com você para se juntar à nossa crescente comunidade de instituições acadêmicas, ONGs, hospitais públicos, empresas privadas e organizações multilaterais. Software Livre em Cuidados da Saúde está aqui para ficar.


eHealth para todos!


Luis Falcón, Médico
GNU Solidario
Las Palmas de Gran Canaria, Espanha