GNU Health/Controle de Pacientes

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< GNU Health
Ir para: navegação, pesquisa

Introdução ao Controle de Pacientes[editar | editar código-fonte]

Os pacientes são partidos com propriedades específicas. Estas propriedades de partido os diferencia dos outros partidos. Um paciente é um partido que tem as seguintes propriedades:

  • Pessoa
  • paciente

No GNU Health, uma pessoa pode ser tanto um profissional de saúde e um paciente ao mesmo tempo. Faz sentido, não faz?

Criando um partido com a propriedade de paciente[editar | editar código-fonte]

Partido do GNU Health com o atributo de paciente definido

Dependendo do tamanho do seu centro de saúde, a criação de paciente pode ser feita por equipes diferentes. Vamos percorrer as diferentes etapas de um partido, e quem poderia ser responsável. Nós usamos o exemplo de "Ana Betz" que passa por um cenário típico trazendo você a partir da definição do partido para criar o paciente associado.

Exibição da lista de paciente

Passo 1: Definição do partido e demografia[editar | editar código-fonte]

Esta informação cria o indivíduo pessoa. Neste ponto, Ana é apenas um indivíduo (uma pessoa física). O assistente social pode entrar em todos os dados demográficos sobre ela (a família, a Unidade Domiciliar, contatos, etc).

Nota: A pessoa que tenha sido definida no GNU Health pode vir a ser um paciente em um momento posterior. Em alguns casos, essa pessoa nunca vai ser um paciente do nosso centro de saúde, como pode ser o caso de membros da família que vivem em outros países.

Tela principal do GNU Health

Passo 2: Ativando o atributo paciente no partido[editar | editar código-fonte]

Agora vamos supor que Ana - que foi criada no sistema há um tempo atrás - se apresentou no centro de saúde primário para um check-up de saúde. Ela vai dar o número de identidade ou outro tipo de identificador único para o atendente na recepção, e, neste momento, Ana se tornará um paciente no Sistema de Saúde de sua região ou país.

Nota: O campo SSN (traduzido para outros nomes, dependendo do país) é o valor único que identifica cada pessoa. Por favor, verifique a seção Indivíduos para mais informações.

Listando os pacientes atuais[editar | editar código-fonte]

Você pode acessar o menu principal paciente de Saúde → Pacientes → Pacientes. Esta ação de menu mostrará todos os pacientes. Ou seja, as partes que possuem o atributo paciente e que têm associado um registro do paciente a ele. Você pode pesquisar os pacientes de qualquer um dos campos na visão de árvore. Você pode inserir qualquer um dos registros clicando duas vezes no registro do paciente da lista. Essa ação irá levá-lo para a visão de formulário. Se você tiver permissões, então você será capaz de editá-lo.

Criando um registro de paciente[editar | editar código-fonte]

Você pode criar o paciente clicando no ícone de novo registro ou usando as teclas de atalho Ctrl + N. Isto irá levá-lo para a formulário principal de paciente.

O primeiro e necessário campo é o link para o partido que foi criado no início do processo. A pesquisa é limitada aos partidos com o atributo de paciente.

Imprimindo um cartão de identificação do paciente[editar | editar código-fonte]

Amostra do cartão de identificação do paciente com QR Code

Um cartão de identificação permite identificar rapidamente um paciente por sua PUID ou por um QR code legível por máquina. Trabalhar com cartões de identificação é mais rápido e cria menos erros do que simplesmente pedir aos pacientes seus nomes e datas de nascimento. Ele funciona até mesmo se um paciente não for capaz de falar (dormindo, sedado, inconsciente, ou simplesmente um recém-nascido) ou não sabe como soletrar seu nome exatamente (não é incomum em países com taxas de analfabetismo mais elevadas).

Para imprimir um cartão de identificação, abra o registro do paciente, clique no Relatório botão na barra de ferramentas e escolha Cartões de ID ou Cartões de identificação - QR (dependendo de suas necessidades). Isso irá gerar um arquivo no formato ODT que pode ser aberto e impresso em seu aplicativo de processamento de texto (por exemplo LibreOffice Writer ou Microsoft Word).