Empreendedorismo/Marketing Social

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

Um dos assuntos mais abordados em livros, revistas e jornais de negócios refere-se a estratégias empresariais e este tema é hoje o que difere as empresas umas das outras e o que mais vai impactar na continuidade das mesmas. Um exemplo de estratégia que vamos abordar neste artigo é sobre o Marketing Social, uma ferramenta que pode além de alavancar recursos financeiros para suas empresas elevar sua imagem perante os consumidores. A grande diferença entre Marketing Social e Responsabilidade Social é que na Responsabilidade Social o empresário não deve pretender retorno financeiro com o social que está realizando e sim satisfazer necessidades de clientes internos e externos. Já no Marketing Social a empresa tem como objetivo implementar políticas de Responsabilidade Social porém com pretensões de obter retorno, uma vez que sua marca esta aliada a um grande projeto e traz grandes consumidores que adquirem seus produtos uma vez que observa que tal empresa se preocupa com a sociedade. O empresário deve adotar hoje em dia tais políticas em suas empresas e colocá-las no seu Plano de Marketing e uma forma de realizar tal projeto é observar que tipo de Projeto Social mais se adéqua a seu publico alvo e /ou apoiar projetos já existentes desenvolvidos por ONGS. A empresa pode implementar essa estratégia independente do seu porte, ou seja, até um Empreendedor Individual poderá apoiar projetos e fazer um link ao trabalho comercial que desenvolve no seu dia a dia e isso ajudará a potencializar seu negócio. Já as empresas de maior porte poderão inclusive criar uma Diretoria de Projetos Sociais que atuará junto com o setor de marketing daempresa. Vários são os projetos que podem ser implementadas, desde apoiar Institutos, ONGS e realizardoações a entidades, até o desenvolvimento de um próprio Instituto ou Projeto que satisfaça a população em seu entorno. Como exemplo temos grandes empresas como McDonalds, Microsoft,Bradesco que possuem seus próprios Institutos e Fundações e empresas de menor porte como SONOLEVE que também atuam da mesma forma implementando políticas sociais direcionadas ao seu entorno e se beneficiam com tal prática.

Então é importante que a classe empresarial invista em projetos de cunho social, pois além de impactarem de forma positiva nos seus negócios terão impacto no bem estar social de toda população brasileira.