Edição de vídeo/Campo de trabalho

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A edição de vídeo ou filme é uma arte, mesmo que pouco percebida pelas pessoas, afinal de contas elas prestam mais atenção na história que está sendo contada do que as técnicas utilizadas. O editor é um contador de histórias, pois ele tem os fatos (cenas) e será ele que vai contar essa história (editar as cenas). A edição de filme surgiu quando os cineastas perceberam que poderiam colar um pedaço de filme a outro, e assim poderiam ser gravados em locais e enquadramentos diferentes, podendo repetir cenas que não ficaram boas ou erradas, e montando histórias mais interessantes, e a partir dai foi que surgiu o cinema como conhecemos hoje.

No começo os editores não eram considerados artistas, eram tratados como operários, apenas alguém que cortava e cola os filmes. Com o passar do tempo perceberam que não era bem isso, e hoje os editores recebem até prêmios.

Muita coisa mudou na edição, no começo eram usadas máquinas pesadas, que foram mudando com o tempo, em cada filme eram usadas várias pessoas, 1 ou 2 editores e vários assistentes, eram gravados quilômetros de filmes, rolos e mais rolos, hoje com a tecnologia dos computadores, os grandes estúdios estão migrando das máquinas de corte para os softwares, e descobriram que com esse sistema o número de pessoas e o tempo para se fazer um filme diminuíram, sendo mais econômico.

O campo de trabalho também mudou, hoje os editores não trabalham apenas para o cinema, com a criação da televisão e do videoteipe, muitos trabalham para emissoras e produtoras de filme, podem estar atrás de um mesa de corte fazendo uma novela, de um computador editando comerciais de tv ou vídeos para empresas e em um switcher num programa de auditório, com a internet hoje esse campo cresceu ainda mais, com as TVs de internet e vídeos produzidos exclusivamente para ela. A edição pode ser feita de várias maneiras, nas antigas maquinas de corte de filme, em switchers de televisão, mesas de corte e nos computadores, através de softwares.