Curso de PHP/Instalação

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

Em Windows[editar | editar código-fonte]

Download dos itens necessários[editar | editar código-fonte]

Primeiro, faça o download dos programas a serem usados.

  • Apache. No nosso exemplo, utilizamos o Apache 2.2.9.
  • MySQL. No nosso exemplo, utilizamos o MySQL 5.0.51a.
  • PHP. No nosso exemplo, utilizamos o PHP 5.2.6.

Instalação[editar | editar código-fonte]

  • Execute a instalação do Apache e instale-o com as configurações padrão. Se quiser, pode escolher outro diretório para a instalação.
  • Extraia o MySQL em uma pasta qualquer. Recomendo dentro da pasta onde você instalou o Apache. Ex: C:\Arquivos de Programas\Apache Group\Apache\mysql.
  • Extraia o PHP 5 na pasta C:\php5.

Obs.:

  • Existe o arquivo de instalação do PHP (*.msi), porém, o pacote compactado já vem pré-configurado para que rode mais rápido na máquina na qual está sendo executado.
  • É possível descompactar os arquivos do PHP em outro endereço. Por exemplo: C:\Arquivos de programas\PHP5, porém é necessário informar a mudança de endereço ao Apache.

Para maiores detalhes, consulte a seção de configuração do Apache logo abaixo.

Configuração do PHP[editar | editar código-fonte]

Na pasta aonde se encontra o PHP5, copie os arquivos php5ts.dll e libmysql.dll para a seguinte pasta, de acordo com o seu Windows:

  • Em Windows 9x/Me: C:\windows\system;
  • em Windows XP: C:\windows\system32;
  • para Windows NT/2000: C:\winnt\system32.

O arquivo libmysql.dll é necessário para o funcionamento do MySQL no PHP.

Abra o arquivo php.ini edite a linha extension_dir = "./" alterando-a para extension_dir = "c:/php5/ext/"C:/php5/ext/ é o diretório aonde ficam as extensões do PHP (MySQL, Curl, GD, etc).

Caso não encontre o arquivophp.ini no diretório do PHP5, renomeie o arquivo php.ini-dist para php.ini. Agora, localize a linha ;extension=php_mysql.dll e tire o ponto e vírgula ; de seu início.

Se quiser também, já aproveite e faça o mesmo na linha ;extension=php_gd2.dll, caso queira a biblioteca GD para a manipulação de imagens.

Salve as alterações e mova o arquivo o php.ini para a pasta:

  • C:\windows (em Windows 9x/Me/XP);
  • C:\winnt (para Windows NT/2000).

Configuração do Apache[editar | editar código-fonte]

Acrescente no final do arquivo httpd.conf no endereço C:\Arquivos de programas\Apache Software Foundation\Apache2.2\conf (por exemplo) as seguintes linhas:

PHPIniDir C:\Arquivos de programas\PHP5\

Este endereço é onde se encontram os arquivos PHP.

LoadModule php5_module C:\Arquivos de programas\PHP5\php5apache2_2.dll

Este endereço é aonde se encontra o arquivo referente a versão do apache, dentro da pasta PHP.

Ainda no endereço C:\Arquivos de programas\Apache Software Foundation\Apache2.2\conf abra o arquivo mime.types (utilize o bloco de notas mesmo ou outro editor de texto disponível) e acrescente as seguintes linhas:

application/x-httpd-php php
application/x-httpd-php-source phps

Configuração do MySQL[editar | editar código-fonte]

Não há nada para se configurar no MySQL, apenas devemos iniciá-lo caso não tenha sido instalado como serviço (só é possível no Windows NT/2000/XP). Vá para a pasta na qual foi instalado o MySQL e na pasta bin execute o arquivo mysqld.exe, iniciando o servidor do MySQL. Lembre-se: dessa maneira teremos que iniciar o MySQL sempre. Se não quisermos ir até a pasta toda vez que iniciarmos o computador, devemos criar um atalho para o arquivo mysqld.exe na pasta Inicializar/Iniciar (dependendo da versão do Windows) do Menu Iniciar.

Falta pouco![editar | editar código-fonte]

Vamos até Arquivo|Iniciar/Programas/Apache HTTP Server/Control Apache Server/Restart para reinicializar o Apache com as alterações feitas. Pronto! Agora temos PHP5 + MySQL + Apache no Windows!

Para efetuar um teste, criaremos um arquivo chamado phpinfo.php, com o conteúdo:

<?php
phpinfo();
?>

Colocaremos ele na pasta htdocs dentro da pasta do Apache. Abra seu navegador e digite http://localhost/phpinfo.php . Se a página abrir com as informações do PHP, significa que tudo deu certo.

Obs.: Lembrando que nos caminhos que foram mostrados, o C:\ deve ser substituído pela unidade na qual está seu Windows e que também é aonde estão instalados os programas. Utilizamos a unidade C:\ no artigo pois é a letra que é normalmente utilizada.

Caso queira usar register_globals no PHP, abra o arquivo php.ini no endereço C:\windows\ e localize a linha register_globals = Off e troque Off por On. Saiba mais neste endereço: http://www.php.net/manual/pt_BR/security.registerglobals.php

Em Linux[editar | editar código-fonte]

Ver instruções em inglês: Setup and Installation (Linux)