Bibliologia/Introdução

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikipedia
A Wikipédia tem mais sobre este assunto:
Bíblia

Objetivo[editar | editar código-fonte]

A Bíblia é uma coletânea de muitos livros, que foram escritos com o objetivo de documentar historicamente a vida do homem e seu relacionamento com Javé - chamado Deus, que se torna conhecido através de seus feitos nela narrados.

Wikipedia
A Wikipédia tem mais sobre este assunto:
Javé

Moisés, o primeiro autor, reuniu os primeiros relatos da história do homem na terra com a finalidade de ensinar ao povo hebreu sobre Javé, o Deus que tinha aliança com seu patriarca Abraão. Moisés, que havia estudado na corte de faraó, foi o escolhido por Javé para guiar o povo hebreu, que era cativo do Egito, e documentou todos os fatos para que as próximas gerações não esquecessem de Javé e buscassem outros deuses.

Torá em rolos

Quando o povo chegou na terra prometida, líderes, juízes, reis, seguiram documentando suas vidas e a história do povo através de escribas, que reuniam a função de historiador, jornalista, sábio, cronologista, arauto, ministro, pois saber ler e escrever era muito nobre e necessário para os governantes daquela época, estes usavam a cronologia para comprovar seus direitos de goverante. Temos assim os chamados livros históricos.

Os livros eram repassados as outras gerações por tradição oral religiosa, o Torá, que era escrito em couro, papiro, argila, pedra, e eram copiados por copistas (escribas, sacerdotes) e lidos aos sábados.

Na Bíblia também a literatura poética do povo hebreu é documentada, temos ainda a história dos profetas, emissários enviados por Javé com missões especiais, a história de Reis e demais governantes, grandes personagens históricos como Nabucodonosor deixaram registrado nela seu testemunho.

Wikipedia
A Wikipédia tem mais sobre este assunto:
Jesus

Já no Novo Testamento é documentada a vida de Jesus por testemunhas que com ele viveram, e a história de seus seguidores até o primeiro século, várias cartas documentam a vida e doutrinas perpetuadas para as outras gerações.

Composição[editar | editar código-fonte]

A Bíblia é composta de 66 livros, 1.189 capítulos, 31.173 versículos, mais de 773.000 palavras e aproximadamente 3.600.000 letras. Gasta-se em média 50 horas (38 VT e 12 NT) para lê-la ininterruptamente ou pode-se lê-la em um ano seguindo estas orientações: 3,5 capítulos diariamente ou 23 por semana ou ainda, 100 por mês em média.

Livros[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource tem material relacionado a este artigo: Ferreira_de_Almeida_Atualizada

O Antigo Testamento é composto de 39 livros (excluídos os chamados deuterocanônicos).

Pentateuco

Gênesis - Êxodo - Levítico - Números - Deuteronômio

Históricos

Josué - Juízes - Rute - I Samuel - II Samuel - I Reis - II Reis - I Crônicas - II Crônicas - Esdras - Neemias - Ester

Poéticos e Sapienciais

- Salmos - Provérbios - Eclesiastes (ou Coélet) - Cântico dos Cânticos de Salomão

Proféticos

Profetas Maiores

Isaías - Jeremias - Lamentações de Jeremias - Ezequiel - Daniel

Profetas Menores

Oséias - Joel - Amós - Obadias - Jonas - Miquéias - Naum - Habacuque - Sofonias - Ageu - Zacarias - Malaquias


Livros do Novo Testamento

O Novo Testamento é composto de 27 livros.

Evangelhos

Mateus - Marcos - Lucas - João

Livro Histórico

Atos dos Apóstolos (abrev. Atos)

Cartas Paulinas

Romanos - I Coríntios - II Coríntios - Gálatas - Efésios - Filipenses - Colossenses - I Tessalonicenses - II Tessalonicenses - I Timóteo - II Timóteo - Tito - Filémon

Cartas Gerais

Hebreus - Tiago - I Pedro - II Pedro - I João - II João - III João - Judas

Livro profético

Apocalipse ou Revelação


Capítulos e versículos[editar | editar código-fonte]

A Bíblia em sua forma original é desprovida das divisões de capítulos e versículos. Para facilitar sua leitura e localização de "citações" o Prof. Stephen Langton, no ano de 1227 dC a dividiu em capítulos. Até o ano de 1551 dC não existia a divisão denominada versículo. Neste ano o Sr. Robert Stephanus chegou a conclusão da necessidade de uma subdivisão e agrupou os textos em versículos.

Meio[editar | editar código-fonte]

Até a invenção da gráfica por Gutenberg, a Bíblia era um livro extremamente raro e caro, pois eram todos feitos artesanalmente (manuscritos) e poucos tinham acesso às Escrituras.

Os povos de língua portuguesa só começaram a ter acesso à Bíblia de uma forma mais econômica a partir do ano de 1753 dC, quando foi impressa a primeira Bíblia em português, em três volumes, na versão de João Ferreira de Almeida. Em 1819 a Bíblia em português começou a ser publicada em um único volume.

Wikipedia
A Wikipédia tem mais sobre este assunto:
Vulgata

Nestes séculos a Palavra de Deus foi escrita em diversos materiais, vejamos os principais:

  • Pedra - Inscrições encontradas no Egito e Babilônia datados de 850 aC
  • Argila e Cerâmica - Milhares de tabletes encontrados na Ásia e Babilônia.
  • Madeira - Usada por muitos séculos pelos gregos.
  • Couro - O AT possivelmente foi escrito em couro. Os rolos tinham entre 26 a 70 cm de altura.
  • Papiro - O NT provavelmente foi escrito sobre este material, feito de fibras vegetais prensadas.
  • Velino ou Pergaminho - Velino era preparado originalmente com a pele de bezerro ou antílope, enquanto o pergaminho era de pele de ovelhas e cabras. Quase todos os manuscritos conhecidos são em velino, largamente usado a centenas de anos antes de Cristo.
  • Papel - Forma amplamente utilizada hoje.
  • CD - Áudio
  • CD-Room - Para computadores, é a forma mais recente.
  • On-line - Via internet.

Versões[editar | editar código-fonte]

A Bíblia encontra-se traduzida em mais de 1000 línguas e dialetos, o equivalente a 50% das línguas faladas no mundo. Há uma estimativa que já foi comercializado no planeta milhões de exemplares entre a versão integral e o NT. Mais de 500 milhões de livros isolados já foram comercializados. Afirmam ainda que a cada minuto 50 Bíblias são vendidas, perfazendo um total diário de aproximadamente 72 mil exemplares!

Encontra-se nas livrarias com facilidade as seguintes versões em português:

  • Revista Corrigida;
  • Revista Atualizada;
  • Contemporânea;
  • Nova Tradução na Linguagem de Hoje;
  • Viva;
  • Jerusalém;
  • NVI - Nova Versão Internacional;