Audiodescrição de obras do Museu do Ipiranga/Q52302434

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cena do Porto de Santos, 1826

Cena do Porto de Santos, 1826
 
Ficha catalográfica

Título: Cena do Porto de Santos, 1826
Identificador no Wikidata: Q52302434
Categoria no Wikimedia Commons: Category:Cena do Porto de Santos, 1826
Número de inventário: 1-19267-0000-0000
Criador(a): Adrien Henri Vital van Emelen
Data: século XX
Coleção: Coleção Fundo Museu Paulista, Coleção Museu Paulista
Instância de: pintura
Material utilizado: tinta a óleo, algodão
Altura: 54 centímetros
Largura: 71,1 centímetros
Localização: Museu Paulista
País de origem: Brasil
País: Brasil
Gênero artístico: pintura histórica
Retrata: Santos, escravidão, barril, fruta, janela, porta, mulher, homem
Google Arts & Culture ID: zgGxKt1oaOZ5og
Patrimônio Belga no Brasil ID: painting/cena-porto-de-santos-jantar-do-porto-de-santos
Situação dos direitos autorais: domínio público

 
Audiodescrição

Edite a audiodescrição
Pintura histórica em óleo sobre algodão feita pelo escultor e pintor belga- brasileiro Adrien Henri Vital Van Emelen. Integrando o acervo do Museu Paulista da USP, com dimensões de cinquenta e quatro centímetros de altura e setenta e um centímetros de largura, a obra retrata uma paisagem urbana na cidade de Santos, litoral de São Paulo.

No centro da pintura temos um chão de terra, onde encontram-se três escravos carregando um barril de madeira grande, que está preso por cordas em uma superfície também de madeira e com 4 rodas nas laterais. Dois homens negros puxam a estrutura por meio de outras duas cordas frontais. O da esquerda usa um calção branco amarrado com um cordão e um chapéu de palha. O homem da direita usa um lenço na cabeça, veste uma saia branca com um cordão por cima e um colete azul.

Atrás está o terceiro homem, empurrando a estrutura. Seus cabelos são pretos e ele veste uma saia branca presa por um cordão.

Ao lado esquerdo da pintura, temos duas mulheres negras interagindo. A da esquerda usa um vestido laranja até a altura dos pés, com um lenço amarelo por cima. Ela está descalça e seu cabelo é preto, com a raiz grisalha. Ela olha para a direita e faz o sinal de “2” com sua mão direita para a mulher ao lado. Esta

usa um vestido azul até a altura dos pés, com um lenço rosa por cima e um avental branco na parte inferior do vestido. Ela está descalça e usa um turbante azul na cabeça. Com sua mão direita, ela segura uma cesta de palha repleta de frutas na cabeça.

Ao lado esquerdo das duas mulheres, encontra-se uma casa amarela, de telhado vermelho triangular. Suas duas portas frontais e laterais estão abertas, cujos batentes são de madeira. A porta que se encontra ao lado das mulheres que interagem possui um papagaio pendurado. Nessa entrada da casa há um degrau de pedra.

Ao fundo da pintura do lado direito está a segunda casa, ocupando grande parte do plano. Ela é amarela, com um telhado retangular vermelho. O térreo contém uma porta aberta no canto esquerdo com os batentes de madeira e ao seu lado direito há uma janela entreaberta de madeira. A janela possui detalhe no vidro, com divisórias de madeira.

Na frente dessa casa há, também, um escravo que é negro e está ereto, perto da janela do térreo. Ele é negro, seus cabelos são grisalhos e ele está sem camisa, mas veste um calção branco, amarrado por um cordão. Ele segura um pequeno barril sobre a cabeça enquanto olha os outros três homens puxando o barril.

No segundo andar há duas janelas de madeira verdes. A primeira, à esquerda, encontra-se fechada; a segunda está aberta com uma mulher em frente. Esta mulher é negra, possui cabelo grisalho e está com uma roupa branca, observando os três escravos carregarem o barril.

A terceira casa, no plano de fundo à esquerda, tem um leve tom avermelhado, com alguns detalhes laterais marrons. Ela tem dois andares e todas as suas janelas de madeira se encontram fechadas. Cada uma delas possui um detalhamento no vidro, com divisórias de madeira formando pequenos quadrados.

O céu é azul, com a presença de algumas nuvens.