Arduino colaborativo/Hardware livre

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As idéias de liberdade oferecidas pelo software livre podem ser estendidas para o hardware livre, ideia que é quase tão antiga quanto quanto a GPL[1].

Porém, quando tratamos de liberação de projetos de hardware esbarramos no fato de que apesar do desenho do hardware ser livre, o hardware em sim não o é. Cada interessado deve buscar os componentes, comprá-los (caso não os disponha), e montar sua placa. Sendo assim, o compartilhamento de hardware como conhecemos de software não é possível.

Há, nesse compartilhamento, um custo maior associado, haja vista que, eventualmente, o usuário terá que comprar os componentes, montar o desenho descrito e então verificar se estão funcinando corretamente. O aproveitamento de determinado desenho está diretamente associado à disponibilidade de componentes na região do interessado; pode ocorrer de em um determinado país a disponibilidade de um componente difira do país onde o desenho original foi produzido.

Por não haver uma definição precisa de como se define hardware livre, fica à critério dos autores sua interpretação. Há pontos em comum em todas as definições em desenvolvimento, e com isso pode-se classificar claramente dois tipos de hardware [2]:

  • Hardware estático
  • Hardware reconfigurável

O primeiro trata do conjunto material palpável que compõe o sistema eletrônico. Essa classificação se afasta da propriedade intrínseca de um software, que é a não materialidade do produto. Dentro dessa classificação é feita a distinção de três tipos de desenhos, apresentados na sequência desta seção. O tipo hardware reconfigurável está associado ao hardware descrito por uma linguagem HDL (Hardware Description Language) que permita especificar todos os detalhes e funcionalidade de sua estrutura. Desses códigos HDL, são gerados os bitstreams, arquivos de configuração direcionados à reconfiguração de dispositivos tipo FPGA (Field Programmable Gate Array, Arranjo de Portas Programável em Campo) [3].

Notas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kaddressbook.png Este módulo tem a seguinte tarefa pendente: Trocar os "nomes das referências" abaixo pelos dados completos de cada uma
  1. Gonzalez03
  2. Gonzalez03
  3. DSP