Aquisição e Desenvolvimento da Leitura e da Escrita/Breve Percepção Histórica da Leitura

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Breve Percepção Histórica da Leitura

O intuito de ler e escrever surgiu da necessidade de compreensão dos escritos dos antepassados. Registros históricos destacam que uma das origens desta prática deu-se na antiga Babilônia em que outros campos também foram explorados além o da leitura e da escrita, incluindo: a agricultura, a arquitetura, a astronomia, o comércio e o direito.

Enquanto a leitura possui a função de informar e de apresentar um tema ou um assunto, a escrita codifica os sentimentos humanos. A invenção da escrita serve para completar a oralidade, que inclui a leitura silenciosa originada na Grécia Antiga até os meios de circulação de mídia eletrônica dos dias atuais. É importante destacar, conforme Pinheiro e Alves (2012), que a escrita possui uma natureza política e ideológica, que pode moldar o indivíduo de acordo com uma visão de mundo.

Na Idade Média, através do Cristianismo, foram introduzidas as técnicas pedagógicas de ensino da escrita e da leitura, sendo esta uma fonte de aquisição e da informação do conhecimento. No Brasil, a leitura e a escrita como conhecimento teve força com a chegada dos portugueses, que instituíram a Biblioteca Nacional.