A Cidade do Rio de Janeiro no Século XVII/Conclusão

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fachada da Igreja de Nossa Senhora do Monte Serreado

O principal legado do século XVII à cidade do Rio de Janeiro foi sua arquitetura barroca, expressa em construções que existem até hoje, como o Convento de Santo Antônio e a Igreja de Nossa Senhora do Monte Serreado, anexa ao Mosteiro de São Bento. Resquícios ainda desse século estão presentes no Museu Histórico Nacional, na Igreja de Nossa Senhora do Bonsucesso anexa à Santa Casa de Misericórdia e na Igreja de Nossa Senhora da Penha.

Vale ainda observar que a cultura da cidade no século XVII era bem diferente da cultura da cidade atualmente. Havia muita influência do judaísmo no campo religioso, embora ele fosse praticado de forma dissimulada. A partir do século seguinte, o judaísmo seria duramente combatido, com a imposição da religião católica como elemento cultural dominante na sociedade.