Saara Ocidental/Economia

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A maior riqueza do país são as suas reservas de fosfato. São as maiores reservas mundiais. O fosfato é um importante ingrediente para fabricação de fertilizantes. A maior parte do fosfato extraído do país é exportado para Espanha e França. Atualmente, essa riqueza é explorada pelo governo marroquino, pois as reservas de fosfato se encontram dentro da área controlada pelo Marrocos. Os recursos pesqueiros do país são explorados por barcos espanhóis, japoneses e russos por meio de concessão do governo marroquino[1]. Cidades costeiras como Dakhla possuem um bom potencial para o turismo.

Vista de satélite das minas de fosfato de Bou Craa. Uma esteira rolante (conveyor belt) transporta o fosfato até o litoral.
Barcos pesqueiros no cabo Bojador

Referências