Rodolfo e as lagartixas/Rodolfo

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Rodolfo[editar | editar código-fonte]

Gnomine-icons.png


Rodolfo não é um menino comum, quer dizer, comum ele é!

Ele é um menino como todos os outros meninos que existem. Não me perguntem se ele é negro, branco ou amarelo, se ele é magrinho ou gordão, nem precisa perguntar se ele anda com seus pés ou numa cadeira de rodas.

lagartixa comum

Gente! Isso não faz diferença!

A diferença que eu falei lá no início (que ele não é comum), vou explicar agora. Rodolfo gosta de todos os bichos, mas seus preferidos são... as lagartixas! Isso não é comum certo?


Rodolfo mora num prédio cheio de apartamentos e desde bem pequenininho ele gostava de ver, no vidro da janela uns bichinhos passeando. Eles pareciam de borracha, mas eram bem vivos.

E assim, Rodolfo foi crescendo e apreciando as lagartixas na janela. Na verdade, ele via mesmo era a barriguinha delas, as patinhas, o rabo e uma língua que rapidamente pegava os mosquitos.

E como era de se esperar, Rodolfo, um dia, sem medo e sem pestanejar abriu a janela para uma delas entrar. E a lagartixa que não era boba e nem nada, e atrás dos insetos da casa, rapidinha começou a entrar. Rodolfo ficou ali, parado a observar. Rodolfo, não sabia que, se perguntasse pra ela, ela diria que estava diante de uma verdadeira Lagartixa-doméstica-tropical. Se bem que as outras lagartixas gostavam de chama-lá de Hemidactylus mabouia. Ela preferia assim, mas no momento não se importava. O que importava para a lagartixa é se havia insetos para ela se alimentar, e é claro, fugir do olhar curioso e feliz do Rodolfo, que olhava suas costas sem parar.