Resumos/Português

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crystal Clear app kaddressbook.png Este módulo tem a seguinte tarefa pendente: Verificar a necessidade de manter essa página, pois já há um bom tempo ela está fora de sincronia com o conteúdo do livro. Talvez pudéssemos gerar automaticamente a partir do primeiro parágrafo de cada tópico, página, ou até, capítulo.
Ir ao livro Português

Fonética[editar | editar código-fonte]

Morfologia[editar | editar código-fonte]

Estrutura das palavras Morfemas:

  • Desinência - Parte da palavra que se flexiona. Os sufixos podem fazê-la.
  • Tema - É composto pelo radical. Se houver letra de ligação ou vogal temática, também pertencem.
  • Vogal temática - Liga a desinência ao tema.
  • Letra de ligação - Termo eufônico.
  • Radical - É composto pela raiz e prefixos. Pode haver formadores.
  • Raiz - Significado (geralmente grego ou latim).
  • Afixos - Morfemas não fixos. São os sufixos (final da palavra), prefixos (inicio da palavra)e letras de ligação (meio da palavra).

Formadores:

  • Derivados - Formam as palavras derivadas, as flexões. São: Sufixal (por sufixo), Prefixal (por prefixo), Parassintética (por prefixo e um morfema no final da palavra), Imprópria (sem mudanças, apenas quanto à classificação das palavras), Regressiva (anulação de letras) e Híbrida (radical proveniente de diversos idiomas).
  • Compostos - Formam as locuções, isto é, as palavras compostas. São: Justapostas (colocadas lado a lado, com ou sem hífen) e Aglutinadas (juntas pela anulação de letras).

Classificação das palavras

  • Numeral - Palavra derivada de números. Cardinais: números comuns. Ordinais: ordenam. Multiplicativos: aumentam, multiplicam. Fracionários: dividem. Coletivos: definem.
  • Substantivo - Palavra que nomeia seres e objetos. Simples: formado por uma palavra. Composto: locução. Comum: nomeia objetos, animais, etc. Próprio: nomes. Concreto: algo existente. Abstrato: algo inexistente. Primitivo: que pode ser flexionado. Derivado: que foi flexionado. Coletivo: define o conjunto.
  • Adjetivo - Palavra que modifica o substantivo.
  • Pronome - Palavra que substitui o substantivo ou o coloca em um lugar do espaço. Interrogativo: forma perguntas. Indefinido: indefinem algo. Relativo: introduzem orações adjetivas. Possessivo: indica posse. Demonstrativo: coloca algo em certo lugar do espaço. Pessoal Reto: usados no sujeito. Pessoal Oblíquo Átono - usados no objeto direto. Pessoal Oblíquo Tônico - usados no objeto indireto. Pessoal de Tratamento: substituem os pronomes retos.
  • Artigo - Palavra colocada antes do substantivo. Podem definir ou indefinir o substantivo. Primitivo, Derivado, Simples, Composto (iguais aos substantivos).
  • Verbo - Palavra que exprime ação ou estado.
  • Advérbio - Palavra que modifica o advérbio ou o verbo.
  • Preposição - Subordina palavras.
  • Conjunção - Subordina orações. Pode subordinar ou coordenar. Principais conjunções coordenadas: e, mas, logo, porque, ou. Conjunções integrantes: que, se. Principais conjunções adverbiais: que, se, quando.
  • Interjeição - Exprime sensação.

Outros:

  • Locução - Várias palavras juntas que formam um sentido.
  • Contração - Palavra aglutinada.
  • Combinação - Palavra justaposta sem hífen.
  • Elipse - Palavra oculta, não expressa.

Flexões do verbo

  • Modo Indicativo - a ação é relatada no pretérito perfeito (passado completo), pretérito imperfeito (passado incompleto), pretérito mais-que-perfeito (passado mais que completo), presente, futuro do presente, futuro do pretérito (condicional).
  • Modo Subjuntivo (ou conjuntivo) - Exprime dúvida. É caracterizado pela conjunção.
  • Modo Imperativo - Dá ordens, pedidos.
  • Formas nominais - Demais formas. Tomam significado especial com verbos chamados verbos auxiliares.

Vozes verbais

  • Voz ativa - indica o presente do tempo verbal.
  • Voz passiva - indica o passado próximo do tempo verbal do verbo ser.

Sintaxe[editar | editar código-fonte]

Adjuntos

  • Adnominal - palavras modificadoras do sujeito ou de qualquer nome.
  • Adverbial - advérbios.

Complementos

  • Verbal - Chama-se VTD (verbo transitivo direto) o verbo que necessita de complemento (chamado de objeto direto), se necessário a preposição (objeto indireto), VTI (verbo transitivo indireto), se necessário dois complementos, VTDI (verbo transitivo direto e indireto), se não necessário complemento, VI (verbo intransitivo). O complemento relaciona quem, o que, de que, a que ao verbo.
  • Nominal - É indireto (necessita de preposição). Relaciona de que ao nome.

Início

  • Sujeito - ser ou objeto que exerce a função do verbo.
  • Vocativo - ouvinte, vem sempre isolado por vírgulas.
  • Aposto - explica, enumera, resume, especifica.
  • Predicado - restante da frase.
  • Predicativo - adjuntos adnominais separados do sujeito por um verbo denominado verbo de ligação.

Análise

  • Morfemas formam palavras,
  • Palavras formam sintagmas,
  • Sintagmas formam orações,
  • Orações formam períodos,
  • Períodos formam frases.

Definições

  • Sintagma - pode ser nominal (sujeito), adjetivo, adverbial, preposicional, verbal.
  • Oração - Pode ser desenvolvida coordenada, reduzida coordenada, desenvolvida subordinada, reduzida subordinada, principal. Em toda oração há um verbo/locução verbal.
  • Período - Simples (uma oração). Composto por oração coordenada. Composto por oração subordinada.
  • Frase - São: declarativas, imperativas, interrogativas, exclamativas, optativas, imprecativas, nominais (sem verbo).

Orações

  • Absoluta - Quando há apenas uma oração na frase.
  • Coordenada - Uma não depende sintaticamente da outra. Podem adicionar (oração aditiva), modificar algo claro (oração adversativa), alternar (oração alternativa), concluir (oração conclusiva), opinar (oração explicativa). Cada um destas é introduzida pela conjunção correspondente. Orações Coordenadas sem conjunção chama-se assindéticas.
  • Principal - Oração subordinante.
  • Subordinada - Oração que pode ter papel substantivo (de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicativo, aposto explicativo), adjetivo (explicativo, restritivo), adverbial (conclusão, concessão, consequência, conformidade, tempo, proporção, comparação, finalidade, condição) em relação à oração principal. As substantivas são colocadas com as conjunções integrantes, as adjetivas com os pronomes relativos e as adverbiais com as conjunções adverbiais. Orações subordinadas sem conjunção/pronome relativo chamam-se reduzidas, o verbo da oração passa a flexionar no infinito pessoal, gerúndio ou particípio.

Concordância

Colocação pronominal

Semântica[editar | editar código-fonte]