Reino animal/Girafa

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Taxonomia/classificação[editar | editar código-fonte]

Giraffe-closeup-head.jpg

Ordem: Artiodactyla

Família: Giraffidae

Gênero: Giraffa

Espécie: Giraffa camelopardalis

Nome comum: Girafa

Nome cientifíco: Giraffa camelopardalis

Características[editar | editar código-fonte]

Unidade Social/como vive: forma grupos de 7 ou 8 indivíduos, podendo chegar a 30 ou 40, quando há alimento em grande quantidade.


Tamanho: a altura do macho varia entre 4,6 e 5,7 metros, enquanto a fêmea apresenta menos de 5 metros de altura.


Peso: um macho pode ter de 970 a 1.400 quilos e a fêmea, de 700 a 950 quilos.


Pelo: manchas de diferentes formas e tamanhos, em tons laranja, castanho e preto, que variam de acordo com o local onde vive.


Locomoção: possui quatro patas, anda com passos tranqüilos, com elegância, mas quando corre perde a graciosidade.


Reprodução: como a maioria dos mamíferos, é um animal vivíparo - o desenvolvimento do embrião ocorre dentro do corpo da fêmea.


Período de Gestação: aproximadamente 457 (15 meses) dias de gestação para o nascimento da cria que se alimenta de leite materno até aos 8 meses.


Número de Crias: 1 cria


Regime alimentar: é um animal herbívoro - come rebentos, frutos, flores de árvores e arbustos, prefere brotos de acácias e quando pequeno, pode alimentar-se de capim.


Longevidade: Após ultrapassar o crítico primeiro ano de vida, a girafa pode viver até aos 25-30 anos.


Estado de conservação: vulnerável devido à perda de habitat, às secas que têm afetado o continente, às doenças e à caça, tanto à desportiva, que é legal, como à furtiva, que escapa ao controlo das autoridades locais.

Onde vive[editar | editar código-fonte]

Ao sul e ao leste da África.

Habitat Natural: A girafa percorre as savanas e bosques abertos, desde o sul do Sahara ao sul do continente africano, alimentando-se de folhas, rebentos e frutos de acácias.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O povo egipcio acreditava que a girafa descendia do cruzamento entre uma fêmea de camelo e um macho leopardo («camelopardo»), daí a proveniência do seu nome científico camelopardalis.
  • É o mamífero mais alto do mundo, sendo que só o pescoço pode medir 2 metros.
  • São capazes de utilizar a língua bastante comprida para limpar os olhos e as orelhas.
  • A girafa dorme de pé e, só em ocasiões muito especiais, quando se sentem completamente seguras, se deitam ao chão para descansar.
  • Os filhos de girafas caem de uma altura de quase 2 metros quando a mãe está de pé durante o nascimento.
  • A girafa raramente emite sons, pelo que é habitual dizer-se que não tem voz.
  • As girafas possuem línguas surpreendentemente longas, tendo até 50 centímetros. como ela fica a maior parte do tempo fora da boca, A sua cor é azul escura, o que ajuda na proteção contra os raios solares.
  • Os seus predadores são os leões, as hienas e os leopardos.Quando as girafas vão beber água aos lagos (altura em que baixam a cabeça), os crocodilos também podem ser predadores.
  • A cor e o desenho da pele variam: os machos mais velhos apresentam manchas mais escuras que as fêmeas e os machos mais novos.O seu padrão de pele é semelhante a uma impressão digital, sendo único.
  • Existe apenas uma espécie de girafa, sendo reconhecidas nove subespécies, que se distinguem pelo padrão da pelagem – que varia com a localização geográfica do território – e pelo número de chifres (enquanto numa só existem dois, outras apresentam um terceiro chifre no meio da fronte e outras podem apresentar cinco), presentes em ambos os sexos.
  • A girafa anda muito rápido e sua velocidade pode chegar a 60 km/h.
  • Possui, como os seres humanos, apenas sete vértebras no seu pescoço.