Redes de computadores/ATM

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Asynchronous Transfer Mode, é um modo de transferência de troca de pacotes onde toda a informação é organizada em células. ATM é um método de formatação, multiplexagem, transporte e troca de informação num tamanho fixo de 53 bytes de informação, 5 bytes presentes no cabeçalho da célula e 48 bytes na zona do corpo (Payload) da célula. O tempo de Informação contida poderá ser voz, data ou vídeo.

ATM, é uma conexão orientada à ligação. Por norma, a informação e a sinalização são transportados em camadas (layers) diferentes.

Vantagens[editar | editar código-fonte]

A escolha na utilização de pequenas células, representa ao compromisso entre a necessidade de troca dados com um overhead e um delay mais reduzido tendo assim uma excelente eficácia na utilização da largura de banda disponível. Este tipo de rede funciona com uma largura de banda relativamente alta. Um exemplo de utilização, é onde existem pacotes de voz e vídeo a circular numa rede e onde se quer um delay muito baixo.

As vantagens de utilizar células de tamanho fixo passam por:

  • Uma variação do delay muito baixa ou nula.
  • Uma sincronização de células mais eficiente.
  • Excelente para a utilização pelo mecanismo de routing.

A utilização de células de 53 bytes passa por um acordo existente entre:

  • Europeus queriam células de 32 bytes com header.
  • Americanos desejavam células de 64 bytes com header.
  • Então o compromisso ficou por exemplo, 48 bytes com 5 bytes de header: i.e., (32bytes + 64bytes) / 2 = 48 bytes mais 5 bytes de header.

Layers[editar | editar código-fonte]

O funcionamento do modelo ATM, ocorre de duas formas, uma para o user-to-network interface (UNI), outra para network-to-node interface (NNI) e estão divididos em 3 layers.

  1. ATM Adaptation Layer (AAL)
  2. ATM Layer
  3. Physical Layer


  1. O Interface AAL, é o layer responsável por fazer repassar "células" vindas de layers superiores para layers inferiores. Quando isto ocorre o AAL segmenta os dados em "células" ATM e quando faz o processo contrário, quando recebe dados de layers inferiores, então o Layer ATM volta a re-assembelar os dados num formato que os layers superiores consigam compreender. Este processo é chamado de SAR, segmentation and reassembly.
  2. O ATM layer é responsável por repassar "células" para o Physical Layer para fazer transmissão e vice versa. Determina para onde é que as ligações recebidas deverão ser encaminhadas, faz reset dos identificadores de ligação e reencaminha os dados para o link seguinte. Controla também diversos funções de gestão de tráfego, como por exemplo, marcação de células de baixa prioridade, indicadores de congestionamento, controles genéricos de fluxos de dados. Controla igualmente a velocidade de transmissão de dados.