REA - Educação a Distância e Ambientes de Aprendizagem/Infância e a Tecnologia

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Infância e a Tecnologia[editar | editar código-fonte]

O que eu quero comunicar?[editar | editar código-fonte]

Na nossa atualidade, as crianças nascem imersas em um mundo tecnológico, portanto, desde cedo iniciam o uso de aparelhos eletrônicos, seja celulares, tablets ou computadores de modo geral. Se divertem com vídeos, imagens, jogos e muito aprendem com esses aparelhos. Ainda assim, não deixam de lado as velhas brincadeiras com outras crianças ou objetos como: carrinhos, bolas, bicicleta, boneca, casinha, pula-pula, casa de bolinhas e muito mais... No meu REA, quero comunicar a diversidade as quais as crianças são apresentadas, e se bem orientadas podem se desenvolverem ainda mais espertas e ativas do que muitos adultos pensam, no caso, adultos que não orientam nem acompanham o que os filhos fazem em frente ao computador.

Objetivos[editar | editar código-fonte]

- Mostrar o quão benéfico pode ser disponibilizar um aparelho (celular, tablet, notebook) para as crianças desde cedo. - Desmistificar a crença de que a criança se torna inativa tendo acesso a esses aparelhos. - Apresentar opções de entretenimento educativo para as crianças por meio desses aparelhos.

Recriar[editar | editar código-fonte]

A tecnologia para infância: Assim como existem muitos vídeos para as crianças, acredito que os próprios alunos podem desenvolver ideias para compor um REA com as suas preferências. O que gostariam de ter a sua disposição para acessar, criar e recriar? Quais são os seus interesses?

Atividade 1[editar | editar código-fonte]

As imagens que selecionei, explicitam três momentos do dia-a-dia do Davi, na foto em que ele é menor (8 meses), está no notebook com a minha irmã, ele está assistindo vídeos no YouTube da Galinha Pintadinha, nessa época era o único recurso audiovisual que ele se encantava. Porém, em dado momento ele foi crescendo e foi selecionando suas preferências ao ser apresentado a outros vídeos. Hoje (2 anos) o Davi liga o notebook e nos chama para colocar os vídeos ou histórias que ele já conhece e quer naquele momento assistir. Sempre acompanhado por um adulto. Na foto em que Davi está com o celular, ele havia assistido vídeos que eu gravei dele e suas peripécias, depois pediu para ligar para a avó para contar que já estava chegando na casa dela. Na terceira foto, o Davi está com a roupa do super herói que gosta, e na casa da avó, que tem muito espaço e ele pode, dentro do pátio andar com a bicicleta.

Atividade 2[editar | editar código-fonte]

Conteúdos: Penso nessa atividade para educação infantil, portanto, acredito que "O Brincar" é o conteúdo mais importante para essa fase, e que a partir disso os conteúdos de diversas áreas podem ser desenvolvidos. Matemática: Números e quantidades; Linguagem: Letras, contação de estórias e sons; Ciências: animais e fenômenos naturais. Artes: Cores e desenhos.

Atividade 3[editar | editar código-fonte]

Criarei um aplicativo para celular que terá como foco principal a divulgação de conhecimentos sobre o Pantanal, bem como informações e curiosidades sobre alguns dos animais que habitam essa região. O App será disponibilizado para ser usado tanto por alunos, de modo autônomo, quanto por professores, de modo a complementar as aulas expositivas.

Objetivos: Que a criança possa:[editar | editar código-fonte]

- diferenciar os números associando a quantidade x símbolo - Identificar as letras tendo acesso ao alfabeto, estórias e sons. - Reconhecer os animais, e os fenômenos naturais: vento, chuva, sol, dia, noite. Assim como o fogo, a terra. - Descobrir as diferentes cores que podem compor os desenhos e objetos.

Quanto ao aplicativo sobre o Pantanal os objetivos específicos são:

  • Propiciar ao aluno conhecimentos sobre o Pantanal, bem como sua localização geográfica.
  • Possibilitar ao aluno identificar diferentes animais da fauna pantaneira, conhecendo seus hábitats, hábitos alimentares, entre outros.
  • Estimular a leitura e a interpretação de textos.
  • Ampliar o vocabulário.
  • Desenvolver a atenção, a percepção e a memória.
  • Incentivar a prática da pesquisa para que os alunos adquiram maior autonomia e se sintam protagonistas de suas aprendizagens.

Procedimentos:[editar | editar código-fonte]

Através de vídeos, jogos, desenhos e histórias animadas as crianças terão acesso a diferentes formas de aprendizagem.

No aplicativo desenvolvido para ser usado em celulares farei uso de recursos tecnológicos, tais como textos, imagens, mapas, vídeos, áudios, hiperliks e rede social.

Avaliações:[editar | editar código-fonte]

A avaliação será constante e diária, devendo-se ter um acompanhamento visual e por escrito das facilidades e dificuldades da criança, procurando sanar as dificuldades através do diálogo do que a criança quer e precisa saber.

Quanto ao aplicativo, a avaliação será feita por meio de uma página criada no Facebook,  o que permitirá receber feedback dos alunos e dos professores sobre o conteúdo desenvolvido e funcionalidade do aplicativo. Este recurso traz ainda o benefício adicional de permitir a interação entre alunos de escolas distintas que utilizaram o App.

Sugestões Pedagógicas em 4Rs[editar | editar código-fonte]

Revisar e Remixar:[editar | editar código-fonte]

Ao revisar meu REA o colega poderia se prender mais aos interesses dos alunos, Remixando as atividades de acordo com as preferências e necessidades deles, e adaptando ao ano que irá trabalhar, assim como a EJA.

Redistribuí-lo e Reutilizá-lo:[editar | editar código-fonte]

A redistribuição daria-se no acesso aos conteúdos, Reutilizando diferentes tipos de plataformas e software.