Química Orgânica/Classificação das cadeias carbônicas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As cadeias carbônicas podem ser classificadas quanto:

  • ao tipo de cadeia carbônica,
  • à disposição (presença ou não de ramificação),
  • à natureza (presença ou não de heteroátomo) e
  • à saturação (presença ou não de ligações duplas e/ou triplas).

Vejamos como se dá essa classificação.

Tipos de cadeia carbônica[editar | editar código-fonte]

Se seguirmos ao longo de uma cadeia carbônica, a partir de uma de suas extremidades, e após alcançarmos a outra extremidade constatarmos que nela não há ciclo algum (círculo fechado), então esta será chamada cadeia carbônica alifática ou acíclica, ou ainda aberta. Se, pelo contrário, algum ciclo houver na cadeia, a chamaremos cíclica ou fechada.

Exemplo 1:

Como esta cadeia não possui ciclo algum, podemos classificá-la, quanto ao seu tipo, como uma Cadeia carbônica alifática.


Exemplo 2:

2-metilpropano ou metilpropano
2-metilpropano ou
metilpropano

Esta cadeia, mesmo tendo mais de duas extremidades, por não conter ciclos é do tipo acíclica!


Exemplo 3:

Ciclopenteno
Ciclopenteno

Esta cadeia é em sua totalidade um ciclo! Logo esta é uma cadeia do tipo cíclica.


Exemplo 3:

Anidrito Maléico
Anidrito Maléico

Sendo esta uma classificação quanto a presença ou não de ciclos, a presença de heteroátomo não interfere nessa classificação. Assim a cadeia desse composto é uma cadeia fechada.