Programar em C/Um programa em C

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Um programa em C[editar | editar código-fonte]

É comum que o primeiro programa escrito em uma linguagem de programação seja um programa que escreve "Hello world!" ("Olá mundo!"). Apresentamos o código e, a seguir, analisaremos cada uma de suas linhas. Não se preocupe se não entender ainda alguns aspectos, tudo será abordado detalhadamente mais adiante.

Note que o número das linhas é dado apenas para facilitar a referência; se for copiar o código, lembre-se de tirar os números de linha.

 1.  /* o meu primeiro programa */
 2.  #include <stdio.h>
 3.  int main()
 4.  {
 5.      printf ("Olá, mundo!");
 6.      return (0);
 7.  }

O texto do programa também é conhecido como código do programa ou simplesmente código fonte. O código fonte é o programa escrito na linguagem de programação. Em nosso caso acima, chamamos código C ou simplesmente código.

Você deve copiar o código acima em um editor de texto como notepad e salvá-lo como ola.c (sem acento). Lembre-se de remover os números das linhas. Caso contrário o código não irá compilar. Esse arquivo agora representa o código fonte do programa escrito em C.

Salvando o código acima em um arquivo com a extensão ".c" e seguindo as instruções de compilação do do capítulo de utilização de compilador, você deverá ver como resultado um "Olá, mundo!" na tela. A seguir vamos a análise do código.

A primeira linha é um comentário, que para o compilador não tem nenhum significado. Qualquer texto que esteja entre as marcações /* e */, podendo inclusive ocupar várias linhas, será considerado como comentário e será completamente ignorado pelo compilador. É muito útil como documentação, explicando o que as próximas linhas de código fazem.

A linha 2 pede que seja inserido o conteúdo do arquivo stdio.h (que está num lugar já conhecido pelo compilador). Esse arquivo contém referências a diversas funções de entrada e saída de dados (stdio é abreviação de Standard Input/Output, ou Entrada e Saída Padronizadas), de modo que você precisará dele em praticamente todos os programas — ele é o meio de quase toda comunicação com o teclado, com a tela e com arquivos.[1]

Os programas em C são organizados em funções — todo código em C deve fazer parte de uma função. Em particular, todo programa deve ter uma função chamada main, pela qual será iniciada a execução do programa. A função é definida, no nosso exemplo, na linha 3, e delimitada pelas chaves { }.

A palavra-chave int significa que a função devolve um valor inteiro (você pode pensar nesse valor exatamente como o valor de uma função em matemática).

Na linha 5, executamos a função printf, que imprime na tela os parâmetros que lhe foram passados — no nosso exemplo, passamos a sequência de caracteres "Olá, mundo!" como parâmetro. Essa é uma das funções definidas em um cabeçalho da biblioteca C, o arquivo stdio.h.

Note o ponto-e-vírgula no final da linha: todas as instruções em C devem terminar com um ponto-e-vírgula. (Essa é uma causa muito comum de erros de compilação).

Na linha 6, dizemos que a função main deve devolver (ou retornar) o valor 0 e terminar sua execução. (Esse é o valor inteiro que dissemos que íamos retornar na linha 3.)

O padrão da linguagem C diz que a função main deve devolver um valor inteiro, e esse valor diz se o programa foi executado com sucesso ou não. O valor zero indica que o programa foi finalizado sem nenhum erro, e valores diferentes de zero podem indicar diferentes erros. Você não precisará se preocupar com isso no início do seu estudo em C — o valor devolvido por um programa é geralmente usado em scripts, quando (por exemplo) um comando só pode ser executado se o anterior tiver ocorrido com sucesso.

Compilando o programa[editar | editar código-fonte]

Linux[editar | editar código-fonte]

A maioria das distribuições linux já possuem compilador C na instalação padrão. Para compilar o programa acima(ola.c) abra um terminal, entre na pasta onde o arquivo se localiza e digite o seguinte comando:

  gcc -o ola ola.c

O compilador irá gerar o arquivo executável chamado ola que pode ser executado da seguinte forma:

  ./ola


  1. Esse comando é uma diretiva do pré-processador; você aprenderá mais sobre esses comandos na seção Pré-processador.