Programação em GUI/Janelas de diálogo modal

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Imagine-se a seguinte situação: o aplicativo GUI inclui um botão que tem como função apagar tudo que foi feito e reiniciar. Se um botão destes for pressionado por acidente, pode-se perder todo o trabalho feito.

Nestes casos, é comum que o aplicativo trave, e apareça em cima de tudo uma janela com a pergunta singela: Você tem certeza que quer destruir tudo?

Esta janela, muitas vezes, não pode ser fechada, e não é possível voltar ao programa sem responder ao que a janela pede.

Esta janela é uma caixa de mensagens e inclui o que se chama um diálogo modal.

Uma caixa de mensagens é uma janela que mostra uma mensagem e recebe um input (normalmente simples, como Sim/Não; mas pode também receber textos ou dados mais complexos). O diálogo é chamado de modal porque este diálogo interrompe todas as demais execuções do programa, que fica à espera da resposta do diálogo.

Implantação[editar | editar código-fonte]

Note-se que, por violar algumas das regras da programação em interface gráfica - ou seja, ao se chamar uma janela de diálogo modal, o programa para e fica esperando sua resposta - a implantação em um programa de uma janela modal muitas vezes é mais simples do que a implantação de outras janelas.

É comum encontrar janelas de diálogo modal sendo invocadas com expressões da forma

  valor = chama.janela(titulo, texto, tamanho, imagem)

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Exemplos em outras línguas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikipedia