Português/Dúvidas comuns

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Português
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

01. Porque / porquê / por que / por quê

Porque - conjunção explicativa (= pois), causal ou final (= para que)

Porquê - substantivo (= motivo, razão), vem precedido de determinante (artigo, numeral, pronome possessivo, demonstrativo, indefinido ou interrogativo)

Por que - vem anteposto nas frases interrogativas diretas ou quando equivale a pelo qual e flexões.

Por quê - usado em final de frase interrogativa

02. Onde / aonde

Onde - lugar fixo (= em que lugar)

Aonde - para que lugar (= movimento)

03. Mas / mais

Mas - conjunção adversativa (= porém)

Mais - advérbio de intensidade (opõe-se a menos) ou pronome indefinido (= muito e flexões)

04. Cessão / sessão / secção / seção

Cessão - (= ceder, doação)

Sessão - (= intervalo de tempo, evento)

Seção ou secção - (= parte de um todo, divisão, segmento)

05. Há / a

Há - verbo impessoal que indica tempo passado, existência ou acontecimento.

A - preposição, usada para indicar tempo futuro ou distância.

06. Senão / se não

Senão - (= caso contrário, a não ser, mas sim ou defeito)

Se não - (= caso não)

07. Ao invés de / em vez de

Ao invés de - (= ao contrário de)

Em vez de - (= em lugar de)

08. De encontro a / ao encontro de

De encontro a (= contra)

Ao encontro de (= a favor)

09. A nível de / em nível de

A(o) nível de - usado como referência geográfica

Em nível de - usado relativamente a estratos, postos ou hierarquia

10. A cerca de / acerca de / cerca de / há cerca de

Acerca de - sobre

Há cerca de - tempo passado ou existência

A cerca de - distância

Cerca de - quantidade aproximada

11. Afim / a fim

Afim - adjetivo. Relaciona-se com a ideia de afinidade, igualdade, semelhança. Seu largo uso se configura na forma plural.

A fim - usado na expressão ''a fim de', que indica finalidade.

12. Demais / de mais

Demais - usado com diferentes acepções

como advérbio de intensidade (= muito)

como pronome indefinido (= os outros)

como palavra continuativa (= além disso)

De mais - sinônimo de a mais

13. À toa / à-toa

À toa - locução adverbial de modo (= sem razão, inutilmente)

À-toa - adjetivo (= impensado, inútil, desprezível)

14. Dia-a-dia / dia a dia

Dia a dia - locução adverbial de tempo (= diariamente)

Dia-a-dia - substantivo (= cotidiano)

15. Tão pouco / tampouco

Tão pouco - muito pouco

Tampouco - nem, também não

16. Abaixo / a baixo

Abaixo - usado como diferentes acepções:

como advérbio (= depois ou em categoria inferior)

como interjeição, sugerindo grito de indignação ou de reprovação.

A baixo - contrário de ''de alto''.

17. Acima / a cima

Acima - usado como diferentes acepções:

15 anos acima (= em grau ou categoria superior)

exemplo acima (= atrás, anteriormente)

muito acima dos bens (= em graduação superior a)

acima de tudo (= principalmente)

interjeição (= Avante!/Ânimo!)

A cima - contrário a ''de baixo''.

18. Afora / a fora

Afora - preposição (= à exceção de, exceto)

A fora - locução adverbial de lugar (= para fora, caminho / direção)

19. À medida que / na medida em que

À medida que - loc. conjuntiva proporcional (à proporção que, ao passo que)

Na medida em que - loc. conjuntiva causal (porque, visto que)