Português/Classificação das palavras/Verbos/Infinitivo

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O infinitivo é a parte "natural" do verbo. Ele é dividido em dois, em infinitivo pessoal e infinitivo impessoal. O infinitivo pessoal, como o próprio nome diz, remete a uma pessoa, enquanto o impessoal, não remete a ninguém.

Infinitivo impessoal[editar | editar código-fonte]

Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Introdução à língua portuguesa possui uma versão simplificada deste assunto: Infinitivo impessoal

O infinitivo impessoal é aquele com as desinências -ar, -er, -ir e -or. Ele ocorre:

  • Quando a ação do verbo é remetida ao pronome todos mas ele não está explicito:
É bom sempre ir ao médico.É bom sempre todos irmos ao médico
Proíbido andar de bicicleta.Proíbido a todos andarem de bicicleta.
Não deveríamos fazer esse tipo de coisa!
Ricardo precisou se arrumar para o casamento.
Ele estava a fazer o almoço.
Nós estaremos a caminhar amanhã.
  • Com verbos volitivos (que exprimem desejo):
Ele queria ter ido ao cinema com você.
O amanhecer é belo.
O falar dela era lento.

Infinitivo pessoal[editar | editar código-fonte]

A conjugação do infinitivo pessoal é a seguinte (nos verbos regulares, idêntica a conjugação do futuro do subjuntivo):

Singular Plural
1ª pessoa infinitivo impessoal infinitivo impessoal + mos
2ª pessoa infinitivo impessoal + es infinitivo impessoal + des
3ª pessoa infinitivo impessoal infinitivo impessoal + em

Exemplo:

  • Estar, Estares, Estar, Estarmos, Estardes, Estarem
  • Levar, Levares, Levar, Levarmos, Levardes, Levarem
  • Ser, Seres, Ser, Sermos, Serdes, Serem
  • Ver, Veres, Ver, Vermos, Verdes, Verem


Ele aparece nas orações reduzidas (do infinitivo):

É bom tu sempre ires ao médico. (É bom que tu sempre vás ao médico.)
Faz bem mantermos sempre bem o nosso corpo. (Faz bem que mantenhamos sempre bem o nosso corpo.)
Nós casamos por amarmos um ao outro. (Nós casamos porque amamos um ao outro.)