Pintura/Introdução

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Pintura
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Torero y Toro de Jorge Horacio Richino.

A pintura é a prática de aplicar tinta, pigmento, cor ou outro meio a uma superfície sólida (base de apoio).[1] O meio é comumente aplicado à base com uma escova, mas outros implementos, como facas, esponjas e aerógrafos, podem ser usados.

A pintura é um modo de expressão criativa e pode ser feito de várias formas. Desenho, gesto (como na pintura gestual), composição, narração (como na narrativa), ou abstração (como na arte abstrata), entre outros modos estéticos, podem servir para manifestar a intenção expressiva e conceitual do praticante. As pinturas podem ser naturalistas e representacionais (como em uma natureza morta ou pintura de paisagem), fotográficas, abstratas, narrativas, simbolistas (como na arte simbolista), emotivas (como no expressionismo) ou de natureza política.

O suporte para pinturas inclui superfícies como paredes, papel, tela, madeira, vidro, laca, argila, folha, cobre e concreto, e a pintura pode incorporar vários outros materiais, incluindo areia, argila, papel, gesso, folha de ouro, bem como objetos. O termo pintura também é usado fora da arte como um comércio comum entre artesãos e construtores.

Referências