Medicinas alternativas/Medicina alternativa ou medicina energética?

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A homeopatia assisste aos horrores da alopatia. Pintura de Alexander Beydeman, 1857.

Colocar-se como alternativo é uma proposta de opção, complemento e até exclusão. Já a designação energética conecta-se diretamente com um sistema de compreensão do ser humano integrado. A energia vista pelo prisma da Medicina Tradicional Chinesa, o Chi, ou pela Antroposofia são alguns exemplos. Ou então, pela própria definição da Física Quântica de que "tudo é energia".

Falar de uma Medicina Alternativa ou Energética — aqui entendidas como sinônimos — é importante pela oportunidade. Ao lado da Medicina ocidental, alopática, baseada nos tratamentos químicos, com grandes avanços nas últimas décadas, existe uma possibilidade de se buscar a cura de níveis sutis da organização do ser humano. Enquanto uma trata o físico, a outra está centrada nas dimensões energéticas. Evidentemente, ambas são complementares.

A proposta desta cartilha é proporcionar o entendimento inicial de como algumas das chamadas técnicas energéticas processam. Em última instância, vamos considerar a chamada medicina do futuro, tão bem cunhada pelo médico norte-americano Richard Gerber como a Medicina Vibracional.

O primeiro livro que ele escreveu, "Medicina Vibracional, uma medicina para o futuro" (Cultrix, 1992), trata-se de um extraordinário compêndio sobre algumas das práticas energéticas. Trata-se na realidade da tradução da obra original "Vibrational Medicine" (Bear and Company, 1988). Ele já tem outros livros publicados. Portanto, para suprir uma inexplicável ausência de informações acerca sobre o tema e o autor, vamos publicar alguns desses dados neste espaço.

Desenho chinês antigo dos meridianos da acupuntura.

Não se pode falar no tema Medicina Alternativa, ou Energética, ou Vibracional sem mencionar o trabalho de Gerber. Por isso, o roteiro desta cartilha esta fundamentado no trabalho do médico norte-americano.

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de Wayne, Gerber pesquisa métodos alternativos de cura e diagnóstico desde a faculdade. Estudou, por exemplo, o uso da fotografia Kirlian, que detecta o campo energético do ser humano, denominado aura, para a identificação do câncer. Gerber concilia suas pesquisas na área da Medicina Vibracional com a prática na medicina ortodoxa.

Outro médico que trilhou o caminho da Medicina Vibracional foi o dr. Edward Bach. No seu caso, no entanto, ele procurou sua verdadeira vocação, sempre buscando aperfeiçoar seus conhecimentos médicos, dedicando-se à nova prática e substituindo a anterior. Ele começou a carreira como médico cirurgião. Logo, procurou aprofundar-se na Homeopatia. Não satisfeito procurou sistematizar um sistema de tratamento com as essências de flores. Assim, deixou o consultório promissor em Londres e mudou-se para o interior. Seu legado é avançado até para a compreensão atual. O Sistema de Essências Florais de Bach é integrado por 36 essências básicas e um composto — Rescue — de cinco remédios florais.


O dr. David V. Tansley, inglês, formado em Chiroprática nos Estados Unidos, foi um dos principais incentivadores da Radiônica nas décadas de 70 e 80 no século passado.

A outro médico, brasileiro, que viveu em Porto Alegre, se deve a sistematização de uma terapia espiritual denominada Apometria. Para o dr. José Lacerda de Azevedo, No Brasil, o dr. Neuci da Cunha Gonçalves, médico homeopata, contribuiu para a divulgação da Radiestesia no seu meio.

Como o dr. Gerber, dr. Bach, dr. Lacerda, existem autores que são considerados obrigatórios como fonte de informação para algumas áreas de conhecimento energéticas. São principalmente médicos que, apesar das resistências e pressões, acreditaram no seu juramento de "salvar vidas" e procuraram também caminhos complementares, sem esquecer o conhecimento sólido da medicina ocidental ortodoxa.

Vejamos alguns deles:

  1. Barbara Brennan, "Mãos de Luz" (Editora Pensamento, 1996)- Livo essencial para se entender como funciona o corpo energético e os chacras.
  2. Felix Mann, "Antiga Arte Chinesa de Curar" (Hemus, ) -
  3. David J. Sussman, "Acupuntura Teoria e Prática" (Kier, 1981) -