Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo-SP 55

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo/SP (metadados).

Lista de marcas identificadas[editar | editar código-fonte]

  • Chevrolet
  • Guilherme J.KOHL S/A - Materiais Elétricos
  • Banco A.E. Carvalho
  • Banco de Boston

Pesquisa sobre marcas[editar | editar código-fonte]

Chevrolet[editar | editar código-fonte]

A Chevrolet foi fundada em 1911 por Louis Chevrolet, pertencente a General Motors, junto a outras marcas como Cadillac, Buick, GMC, Holden, Pontiac, atualmente é a marca que mais vende veículos automotivos no Brasil.

Entre 1950 e 1960 a Chevrolet lançou um de seus primeiros carros esportivos que foi o Corvette. Em 1957, a Chevrolet apresentou o seu motor de combustível injetado, em primeiro lugar, a opção "Ramjet Rochester", no Corvette e em carros de passageiros, que custava US$ 484. Na década de 60, a Chevrolet ganhou grande destaque no mercado americano, em 1963 a cada 10 carros vendidos nos Estados Unidos um era da Chevrolet. No ano de 1968 foi anunciado no Brasil o projeto do primeiro carro de passeio o Opala.

Referências

https://pt.wikipedia.org/wiki/Chevrolet

http://mundodasmarcas.blogspot.com/2006/06/chevrolet-american-revolution.html

Guilherme J.KOHL S/A - Materiais Elétricos[editar | editar código-fonte]

Guilherme J.KOHL S/A - Materiais Elétricos é uma empresa de material elétrico, datada de 30 de Agosto de 1966. Fundada pelo empresário Ademir Antonelli. O comércio consistia em uma loja varejista de material elétrico e eletrônico, onde eram vendidos fios, fusíveis, interruptores, tomadas, pilhas, chaves elétricas, bobinas, válvulas, reguladores de voltagem, transistores, tubos elétricos, acessórios para rádio e televisão e lustres, uma loja repleta de materiais voltadas para elétrico e eletrônico. É possível encontrar dados sobre a empresa, entretanto, segundo informações do site Jusbrasil foi encontrado falência dos empresários, essa falência é datada em 12 de Janeiro de 2018. Sem maiores informações referente ao paradeiro da empresa.

Banco A.E. Carvalho[editar | editar código-fonte]

Foi realizado uma pesquisa, porém ao realiza-la só foi encontrado o CNPJ da empresa na época do fechamento.

Banco de Boston[editar | editar código-fonte]

Foi realizado uma pesquisa, porém ao realiza-la não foi encontrado nada sobre a marca, apenas algumas empresas relacionadas como BankBoston.

Comentários sobre a fotografia[editar | editar código-fonte]

Representado na imagem temos uma vista parcial do Vale do Anhangabaú em São Paulo observada através do Viaduto Santa Ifigênia. O Vale está situado ente dois viadutos o Santa Ifigênia e o viaduto do Chá. Esta área pode ser considerada atualmente uma praça, e nela ocorrem varias manifestações culturais, politicas e eventos. É considerado como o ponto que separa o novo centro do antigo.

Estruturalmente podemos dizer que hoje essa área é uma pavimentação sobre uma intersecção de rodovias. Mas ocorreram varias mudanças desde 1822, quando ainda não havia nenhuma urbanização ocorreram varias mudanças.

Em 1877 teve inicio a primeira forma de urbanização da área, a construção do Viaduto do Chá, e que só viria a ficar pronto em 1892 junto com 33 prédios para acomodar pessoas que por ali moravam em chácaras e com a construção do viaduto foram desapropriadas.

Apenas em 1910 o arquiteto Alexandre Albuquerque iniciou o ajardinamento da área do Vale dando origem ao Parque do Anhangabaú, que além das plantas recebeu uma fonte e 12 esculturas de granito, bronze e mármore da comunidade italiana como homenagem ao Centenário da Independência do Brasil. Foi nesses mesmo ano que outro viaduto que transporia o Vale do Anhangabaú, o Viaduto Santa Ifigênia.

O Viaduto Santa Ifigênia foi construído entre os anos de 1910 e 1913, toda a sua estrutura foi importada da Bélgica. Na época que foi construído tinha como função, melhorar o transito de carroças, bondes e da população. Nessa época o viaduto ainda não estava protegido pela Lei Municipal de Zoneamento, ronque só iria acontecer na década de 1970, e ainda havia transito tanto de automóveis, carroças, bondes e pedestres.

No fim da década de 1930, uma via expressa tomou o lugar do Parque do Anhangabaú.

E apenas na década de 1950 que Werner Haberkorn visitou essa área e retratou varias ângulos de Vale do Anhangabaú nas quais ele capturou a urbanização crescente da cidade de São Paulo junto com os outdoors que ainda eram permitidos naquela época.

Haberkorn representou em suas uma fotografias vista que se tornaria um cartão postal a cidade de São Paulo, no caso do Vale do Anhangabaú, e nelas continham propagandas de varias tipos de marcas que iam desde as locais até as conhecidas mundialmente. Como exemplo dessas marcas temos Chevrolet, Guilherme J.KOHL S/A - Materiais Elétricos e Banco A.E. Carvalho.

Dessa forma quando Haberkorn retratou essa área de São Paulo e junto a ela a urbanização que ali estava ocorrendo retratou também propagandas de marcas famosas e de marcas pouco conhecidas assim representando como são as cidades urbanizadas, pessoas em busca e sucesso.