Maple/Introdução

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikipedia
A Wikipédia tem mais sobre este assunto:
Maple

Maple é um ambiente desenvolvido para cálculos matemáticos, sejam eles simbólicos, numéricos ou gráficos. Apesar de sua distribuição não ser gratuita, Maple é um dos programas mais conhecidos de computação simbólica.

Constitui um ambiente informático para cálculo de expressões algébricas, simbólicas, permitindo o desenho de gráficos em duas ou três dimensões. O seu desenvolvimento começou em 1981 pelo Grupo de Computação Simbólica na Universidade de Waterloo em Waterloo, no Canadá, província de Ontário.

Desde 1988, o Maple tem sido desenvolvido e comercializado pela Maplesoft, uma companhia Canadense também situada em Waterloo, Ontario. É comercializado como "a ferramenta de produtividade essencial para cada profissional técnico."

Maple é uma linguagem de programação interpretada, datilografada dinamicamente. Como é freqüente nos sistemas de álgebra computacional, as expressões simbólicas são armazenadas na memória como grafos acíclicos dirigidos.

Desde a versão 6, a linguagem de Maple permite variáveis de alcance lexical (lexically-scoped variables).

Todos os exemplos aqui apresentados foram (ou serão) testados no Maple 9, apesar de a partir de maio de 2005, a Maplesoft ter disponibilizado a versão 10 do software. O motivo é que não gostei muito desta última versão, visto que ela apresenta uma interface muito gráfica. Mas apesar disto os comandos aqui discutidos funcionarão em sua maioria em todas as versões a partir do Maple V.