Manual do Ubuntu/Scripts de instalação

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

Scripts de instalação[editar | editar código-fonte]

Arquivos executáveis são arquivos que realizam comandos quando são abertos pelo usuário, é a aplicação já desenvolvida, normalmente são aplicativos que serão executados quando o usuário abre. Extensões comuns para esses arquivos são .exe, .sh, .bat, .deb.

Neste livro vamos abordar somente as extensões: .sh, .bin e .deb.

Arquivos .sh[editar | editar código-fonte]

Antes de conhecermos os arquivos .sh, vamos conhecer o que é Shell Script.

Shell: Utilizado para se referir a programas de sistemas Unix e Windows que na verdade é uma interação entre usuário e o computador. É um programa que recebe uma instrução um dado, interpreta (processa) e executa o que foi fornecido pelo usuário, que é facilmente visualizada toda a ação pelo prompt ou terminal, no Windows e Linux respectivamente.

Script: Em termos computacionais, são linguagens interpretadas, não são compiladas, linha a linha ela é interpretada conforme o que foi escrito no código, já a compilada antes de gerar o binário ou .exe todo o código fonte é compilado, falando grosseiramente convertido para linguagem máquina, a interpretada não conforme é executado um "interpretador" vai pegando e executando a linha corrente.

Se Shell é um interpretador ou um local que digitamos comandos e ele executa e Script em computação é onde digitamos vários códigos e salvamos juntando os dois temos Shell Script no Linux que usa o interpretador Bash (arquivos .sh) e no Windows também temos os arquivos de lotes que seria a mesma idéia e usa como interpretador o Batch (arquivos .bat).

Os arquivos com a extensão .sh só pode ser iniciados por determinadas aplicações, também é possível que a .sh arquivos sejam arquivos de dados em vez de documentos ou meios de comunicação.

Os arquivos .sh são arquivos conhecidos por serem executados na linguagem Bash porque as instruções que os contêm são escritos nesta linguagem. Os arquivos .sh são arquivos que podem ser executados se os comandos de texto são digitados na interface de linha de comando do shell. Os arquivos .sh são arquivos usados ​​principalmente por desenvolvedores de aplicativos, sendo meralmente importantes importantes para a aplicação em Bash porque o aplicativo utiliza principalmente os scripts, bem como os comandos a serem executados para fazer o trabalho de um aplicativos.

Arquivos .bin[editar | editar código-fonte]

Arquivos .bin são arquivos de dados, também conhecidos como arquivo binário (Binary File - BIN). Arquivos .bin são arquivos

O conteúdo desses arquivos .bin consiste de dados em formato binário que foi copiado de um disco até o arquivo de saída, e esses arquivos .bin são referenciados por esses programas de desenvolvimento de imagem de disco quando um usuário abre os arquivos .bin usando esses aplicativos e programas de montagem de imagem de disco integrado com suporte para esses arquivos de imagem.

Arquivos .bin são arquivos executáveis do sistema operacional Windows.

Arquivos .deb[editar | editar código-fonte]

O Ubuntu é baseado no Debian GNU/Linux e por isso ele recebeu por herança, o seugerenciador de pacote, que não é o apt e sim o dpkg. O apt, como já mencionado anteriormente é responsável por fazer o download baseado em cliente e servidor do seu pacote e armazenar no diretório de cache para então o dpkg instalar todos os pacotes, como no sistema do Debian de acordo com o seu arquivo de controle enviado ao mantenedor. Aqui eu vou te mostrar como gerar um pacote ".deb" chega a ser mais fácil que compilar um programa.

O dpkg, ou Debian package management system é utilizado para instalar e descompactar pacotes ".deb", que são pacotes pré-compilados para Debian, ou seja, que já passou pelo processo de compilação e foi criado para o seu sistema operacional, respeitando a integridade de bibliotecas, dependências, sugestões, conflitantes e arquitetura do processador. Não existem diferenças de criar pacotes para Debian e pacotes para o Ubuntu, o Ubuntu usa o dpkg que é o gerenciador de pacotes do Debian e a grande diferença pode ser nas categorias, nas dependências de alguns pacotes e principalmente no nome do arquivo ".deb", que pode até ser diferente.

Instalando pacotes .deb[editar | editar código-fonte]

Para instalar pacotes ".deb" você deverá seleciona-lo com duplo clique, assim o Ubuntu abrirá a Central de Programas do Ubuntu e apartir disso, instalar o pacote.