Manual de CVS/Exportando a variável de ambiente CVSROOT

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Para usar o comando cvs é necessário que o mesmo saiba onde se encontra o repositório que se deseja acessar no momento em que executamos o comando. Isso pode ser passado a ele através de uma variável ambiente (CVSROOT) ou na própria linha de comandos.

Para o shell bash (o mais comum nos Linuxes) defina a variável CVSROOT como abaixo:

 $ export CVSROOT=diretorio_do_projeto/

ou

 $ export CVSROOT=<usuario>@<maquina>:diretorio_do_projeto/

Caso esteja usando o csh ou tcsh faça assim:

 % setenv CVSROOT diretorio_do_projeto/

ou

 % setenv CVSROOT <usuario>@<maquina>:diretorio_do_projeto/

Caso prefira pode usar a opção -d do comando "cvs" em cada execução do mesmo:

 $ cvs -d [<usuario>@<maquina>:]diretorio_do_projeto/ checkout arquivo_exemplo.txt

No exemplo acima o comando cvs é utilizado para obter o arquivo chamado arquivo_exemplo.txt do repositório CVS a partir de uma pasta chamada diretorio_do_projeto.