Japonês/Fórmula Presente

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tipo de verbo
動詞(どうし)
Fórmula te
た形(  けい)
Kai
かい
te
It
いっ
te
Isoi
いそい
de
Yasun
やすん
de
I Hakon
はこん
de
Shin
しん
de
Tsukut
つくっ
te
Tsukat
つかっ
te
Mot
もっ
te
Naoshi
なおし
te
II Tabe
たべ
te
Mi
te
III Shi
te
Ki
te

Observações:[editar | editar código-fonte]

Verbo do tipo I[editar | editar código-fonte]

Para usar a fórmula presente nas palavras no verbo do tipo I é um pouco complexo do ponto de vista gramatical onde as aplicações são variáveis e requer um conhecimento aprofundado nas referênciais entre caracteres em especial o hiragana.

Exemplo:

Kaku por –i + te kaite

  • Neste exemplo foi aplicado normalmene a formula sem uma referência, porem eliminando a segunda consoante da palavra.


Iku por –t + te itte

  • Neste exemplo foi aplicado uma referência entre hiragana, neste caso está aplicação se deu porque não se pode aplicar regras do verbo do tipo I em ku e sim em u, neste caso aplica-se a forma tópica na palavra, eliminando o ku e acrescentando um t + te no final da palavra tomando a forma de tte (acrescentar uma segunda consoante igual á última consoante da palavra, está é a forma tópica).

Lembrete:

  • repare que outras palavras não se aplica a regra do primeiro e do segundo exemplo, são regras individuais onde as classes ma, ba, na são subistituidas por n e as classes ka (não em todos os casos, um exemplo é a palavra kaku), ra, wa, ta são substituidas por -t .
  • Dominar está técnica é fundamental para a formação de uma frase utilizando a fórmula presente, não dominar está técnica limita e muito suas frases em forma de presente na língua japonesa. Provocando um colapso no nativo da língua japonesa em compreender o que você gostaria de dizer, provocando o que chamamos de simplificar o dialogo (falar em um nível como uma criança entre cinco ou oito anos de idade onde não domina a gramática e sim a fala funcional) dificultando seu aprendizado e domínio da língua japonesa.
  • Dominar está técnica faz com que o nativo fale de uma forma funcional e respeitando as regras verbais e gramaticais na língua japonesa, ajudando você adquirir fluência na língua japonesa.


Verbo do tipo II[editar | editar código-fonte]

Para usar a formula presente nas palavras basta substituir o ru no final de cada palavra por te.

Exemplo:

Taberu por te Tabete




Verbo do tipo III[editar | editar código-fonte]

Para usar a formula passado nas palavras basta substituir o uru no final de cada palavra por i + te.

Exemplo:

Kuru por i + te kite


Nota:[editar | editar código-fonte]

O verbo do tipo III é muito particular e não segue as regras no verbo do tipo I e II em 90% dos casos.