Islandês/Curso/Lição 16

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os adjetivos são aqueles nomes que descrevem qualidades ou características de seres vivos, mortos ou inanimados. Em islandês, os adjetivos concordam em gênero, número e caso com o substantivo que caracterizam.

Por exemplo, se procurarmos “bonito” no dicionário, encontraremos sua forma no masculino nominativo singular, que é “fallegur”. Então:

O homem é bonito – Maðurinn er fallegur

No geral, para passar os adjetivos para feminino, basta retirar a desinência (neste caso, -ur), e para o neutro substitui-se a desinência (-ur) por –t. Portanto:

A mulher é bonita – Konan er falleg

A casa é bonita – Húsið er fallegt


Vejamos, agora com o adjetivo “ríkur” (rico) [mjög: muito]: Ele é muito rico – Hann er mjög ríkur

Ela é muito rica – Hún er mjög rík

Isso é muito rico – Það er mjög ríkt

Também é preciso ter em mente que os adjetivos podem ser declinados de duas maneiras diferentes: forte e fraca. Os adjetivos fracos são aqueles que caracterizam um nome com artigo definido colocado depois (bíllinn). Os fortes caracterizam nomes sem artigo ou com artigo definido colocado antes (hinn bíll). Exemplos:

O carro amarelo – Guli bíllinn

Carro amarelo – Gulur bíll / Hinn gulur bíll

Usa-se o forte quando há somente o substantivo. Usa-se o fraco quando o substantivo tem um adjetivo junto. Exemplos:

O carro é amarelo – Bíllinn er gulur

O carro amarelo apenas foi dirigido – Guli bíllinn var að keyra framhjá

Declinação[editar | editar código-fonte]

Forte[editar | editar código-fonte]

SINGULAR Masculino Feminino Neutro
Nominativo gulur gul gult
Acusativo gulan gula gult
Dativo gulum gulri gulu
Genitivo guls gulrar guls
PLURAL Masculino Feminino Neutro
Nominativo gulir gular gul
Acusativo gula gular gul
Dativo gulum gulum gulum
Genitivo gulra gulra gulra

Fraca[editar | editar código-fonte]

SINGULAR Masculino Feminino Neutro
Nominativo guli gula gula
Acusativo gula gulu gula
Dativo gula gulu gula
Genitivo gula gulu gula
PLURAL Masculino Feminino Neutro
Nominativo gulu gulu gulu
Acusativo gulu gulu gulu
Dativo gulu gulu gulu
Genitivo gulu gulu gulu
  • Kona – Mulher (nominativo / feminino)
  • Gulra – Amarelo (genitivo plural / feminino)
  • Nagla – Unha (genitivo plural / feminino)

  • Kona gulra nagla – Mulher de unhas amarelas
  • Konan gulu naglanna – A mulher das unhas amarelas

Formas comparativa e superlativa[editar | editar código-fonte]

Também existem as formas comparativa e superlativa:

Na forma comparativa do verbo “ríkur”, a declinação tem por desinência –ari para todos os casos, com exceção para os casos neutros no singular, em que a desinência é –ara. Usa-se a partícula “en” para comparar. Equivale ao “que”.

  • Eu sou mais rico que você – Ég er ríkari en þú
  • Ela é mais bonita que Anna – Hún er fallegri en Anna
  • Isso é mais feio que o diabo – Það er ljótara en djöfullinn

Na forma superlativa, também existem as formas fraca e forte. Veja os casos de ríkur e fallegur:

Forte[editar | editar código-fonte]

SINGULAR Masculino Feminino Neutro
ríkastur ríkust ríkast
fallegastur fallegust fallegast
PLURAL Masculino Feminino Neutro
ríkastir ríkastar ríkust
fallegastir fallegastar fallegust

Fraca[editar | editar código-fonte]

SINGULAR Masculino Feminino Neutro
ríkasti ríkasta ríkasta
fallegasti fallegasta fallegasta
PLURAL Masculino Feminino Neutro
ríkustu ríkustu ríkustu
fallegustu fallegustu fallegustu


Entretanto, existem adjetivos irregulares:

Adjetivo Comparativo Superlativo
Gamall (Velho) Eldri Elstur
Góður (Bom) Betri Bestur
Lítill (Pequeno) Minni Minnstur
Margur (Muitos) Fleiri Flestur
Mikill (Muitos) Meiri Mestur
Illur, Slæmur, Vondur (Mau) Verri Verstur