Introdução à língua portuguesa/Classificação das palavras/Pronomes

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Português possui uma versão mais complexa deste assunto: Pronomes

Pronomes são palavras que têm como função acompanhar (pronome adjetivo) ou substituir (pronome substantivo) um nome. Eles são classificados de acordo com suas funções sintáticas na frase, em:

  1. Pronome pessoal;
  2. Pronome possessivo;
  3. Pronome demonstrativo;
  4. Pronome relativo;
  5. Pronome interrogativo;
  6. Pronome indefinido.

Pronome pessoal[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app xmag.png Ver módulo: Pronomes pessoais

Pronome possessivo[editar | editar código-fonte]

Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Português possui uma versão mais complexa deste assunto: Pronomes possessivos

É aquele que exprime posse. Exemplo:

Este é o meu jeito.

O pronome meu exerce posse sobre o substantivo jeito, visto que o jeito não é de qualquer um, o jeito é meu. Os pronomes possessivos podem ser:

  • de primeira pessoa do singular: meu, meus, minha, minhas;
  • de segunda pessoa do singular: teu, teus, tua, tuas;
  • de terceira pessoa: seu, seus, sua, suas;
  • de primeira pessoa do plural: nosso, nossos, nossa, nossas;
  • de segunda pessoa do plural: vosso, vossos, vossa, vossas.

Pronome demonstrativo[editar | editar código-fonte]

Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Português possui uma versão mais complexa deste assunto: Pronomes demonstrativos

É aquele que retoma um nome já citado. Exemplo:

Entre todas as frutas, as que mais possuem água são as tropicais.

Veja que o pronome as retoma o nome frutas:

Entre todas as frutas, as frutas que mais possuem água são as tropicais.

Ou seja, o pronome as é demonstrativo.

Ilíada e Odisséia são epopéias, sendo esta última, uma sequência de Ilíada.

Novamente se observa o pronome demonstrativo, posto que o pronome esta retoma o nome Odisséia:

Ilíada e Odisséia são epopéias, sendo Odisséia, uma sequência de Ilíada.

Os pronomes demonstrativos podem ser:

  • de primeira pessoa: este, estes, esta, estas;
  • de segunda pessoa: esse, esses, essa, essas;
  • de terceira pessoa: aquele, aqueles, aquela, aquelas;
  • invariáveis: isto, isso, aquilo.

Algumas palavras de outras classes assumem o papel demonstrativo, e em tais casos recebem a classificação de pronome: mesmo(s), mesma(s), o(s), a(s), próprio(s), própria(s), semelhante(s), tal, tais.

Pronome relativo[editar | editar código-fonte]

Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Português possui uma versão mais complexa deste assunto: Pronomes relativos

Pronome relativo é aquele que serve de conectivo em orações subordinadas adjetivas. Podem ser:

  • invariáveis e postos depois de pronome demonstrativo: onde, que, quem.
Entre todas as frutas, as que mais possuem água são as tropicais. (pronome as)
  • variáveis e postos depois de pronome demonstrativo: qual, quais;
Estas são as quais possuem água. (pronome as)
  • nunca postos depois de pronomes demonstrativos: cujo(s), cuja(s), quanto(s), quanta(s);
Estas são as frutas cujos nomes eu disse a ti.

Pronome interrogativo[editar | editar código-fonte]

São usados na formulação de perguntas, quer sejam elas diretas ou indiretas. Assim como os pronomes indefinidos, referem-se à 3ª pessoa do discurso de modo impreciso.

São pronomes interrogativos: que, quem, qual (e variações), quanto (e variações).

Por exemplo:

Quem fez o almoço?/ Diga-me quem fez o almoço.

Qual das bonecas preferes? / Não sei qual das bonecas preferes.

Quantos passageiros desembarcaram? / Pergunte quantos passageiros desembarcaram.

Pronome indefinido[editar | editar código-fonte]