Introdução à física/Movimento ondulatório

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Antes definiremos o conceito de onda para entendermos o movimento ondulatório.

O que é uma onda?[editar | editar código-fonte]

Embora todos tenhamos a experiência do que é uma onda, como podemos formalizar este conceito?

Pensemos em vários exemplos:

  • Ondas no mar
  • Uma onda numa corda
  • Uma onda de espectadores num estádio de futebol
  • Uma onda num tanque

Em todos estes casos temos um meio que sustenta a onda. Esse meio está inicialmente em repouso, mas depois há uma perturbação de alguma das suas propriedades que se vai propagar. Então, de uma forma geral, podemos considerar que uma onda é o movimento de uma perturbação.

Uma outra característica comum ao fenômeno das ondas é que embora a perturbação se propague, as partículas constituintes do meio não se deslocam (ou pelo menos em média não se deslocam). Isto é muito claro no exemplo da onda humana. Mas se pusermos uma rolha no tanque, vemos que a onda não transporta a rolha. Da mesma forma, as moléculas de água da superfície também não são transportadas pela onda.