Introdução à física/Estática/Condições de equilíbrio

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Equilíbrio estático e equilíbrio dinâmico[editar | editar código-fonte]

Um corpo move-se, mantém-se em movimento ou mantém-se em repouso devido à ação das forças que atuam sobre ele. Assim, um corpo move-se se a resultante dessas forças não for nula, mas se essa for nula, então o efeito será outro.

Vejamos alguns exemplos:[editar | editar código-fonte]

  1. Temos um caixote de madeira no chão, uma pessoa a empurrá-lo de um dos lados e outra pessoa a empurrá-lo do lado oposto, com a mesma intensidade de forças. Analisemos:
    • As forças imprimidas pelas duas pessoas têm a mesma direção, sentidos opostos e intensidades iguais, portanto a sua resultante (a força final imprimida no caixote) é nula;
    • O caixote estava em estado de repouso antes das duas pessoas começarem a exercer as forças e depois disso em repouso continuou.
    Conclusão: O corpo permanece em Equilíbrio Estático.
  2. Uma pessoa está a cair de um precipício, agarrada a uma corda embora esta esteja a ser desenrolada livremente de uma roldana. A certa altura o desenrolamento da roldana é abrandado por uma força com exatamente a mesma intensidade que a força exercida na corda pelo peso da pessoa. Analisemos:
    • A força imprimida pela pessoa tem a mesma direção, sentido oposto e intensidade igual à força imprimida pela roldana na corda, logo a resultante é nula;
    • Quando a 2ª força foi imprimida na corda, o desenrolamento desta deixou de acelerar, a corda permaneceu em estado de movimento uniforme.
    Conclusão: O corpo permanece em Equilíbrio Dinâmico.