Introdução à Biologia/Célula/Estrutura e organização da célula/Parede celular

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Parede celular de um vegetal destacada em verde

A parede celular é uma estrutura resistente e flexível e às vezes muito rígida que envolve externamente as células de alguns seres vivos, sendo que sua composição química varia de acordo com o organismo estudado; por exemplo, a parede celular das células vegetais são formadas por celulose enquanto que a que os fungos possuem são composta por quitina. A parede celular está ausente nas células animais e presente nas plantas, algas, fungos e seres procariontes (exceto no micoplasma, que é uma bactéria sem parede celular).

Propriedades[editar | editar código-fonte]

A característica mais marcante da parede celular é sua resistência, oferecendo proteção mecânica á célula, embora existam outras propriedades como veremos mais adiante. As características da parede celular são consequência de sua composição química, a qual varia de ser vivo para ser vivo e até mesmo dentro de um mesmo indivíduo a composição da parede pode variar de acordo com o tipo de célula estudada. Apesar dessa variação na composição química, a todas as paredes celulares apresenta algumas propriedades em comum:

  • Resistência.
  • Flexibilidade.
  • Permeabilidade.
  • Não é uma estrutura viva, seus componentes são compostos químicos inertes.
  • Tem certa resistência à decomposição; apenas alguns seres vivos conseguem decompor a parede celular (algumas bactérias e protozoários).

Das propriedades físicas acima descritas, podemos compreender melhor as funções da parede celular:

  • Proteção contra agressão mecânica e ataque de patógenos.
  • Proteção contra ruptura proveniente da pressão de turgescência. Quando excesso de água entra na célula, a parede celular impede sua ruptura.
  • Dá forma e sustentação às células e garante a adesão entre células adjacentes nos seres pluricelulares, contribuindo para a sustentação aos diferentes tecidos e órgãos de organismos multicelulares.
  • Devido sua permeabilidade e por estar localizada entre célula adjacentes, a parede celular desempenha um papel importante na comunicação entre as células vizinhas.

Estrutura e composição química[editar | editar código-fonte]

Como relatado anteriormente, a composição química da parede celular é diferente entre os seres vivos. Plantas, fungos e bactérias possuem parede celular com composição química distinta porém conservando as mesmas propriedades e funções. a seguir, estudaremos separadamente a estrutura e composição química da parede celular desses seres vivos.

Plantas[editar | editar código-fonte]

Estrutura da parede celular de células vegetais.

A parede celular das plantas é considerada um componente extracelular pois encontra-se localizada externamente à membrana plasmática. É sintetizada e secretada pela célula, sendo por isso considerada um tipo de matriz extracelular de característica bem rígida e resistente. Apenas com finalidade de ilustração, devemos lembrar que a matriz extracelular produzida pelas células animais é formada principalmente de colágeno. Devido a sua grande resistência, a parede dos vegetais mantém a planta como um todo em pé e definem sua forma. A madeira possui células com um parede celular bem espessa, daí a característica rígida da madeira.

A parede celular da célula vegetal é mais espessa que a membrana plasmática e classicamente dividida em três camadas: parede primária, lamela média e parede secundária.

  • Parede primária : é a primeira camada a ser sintetizada e secretada. É uma parede mais fina e flexível, produzida principalmente por uma célula vegetal jovem, o que permite seu crescimento.
  • Lamela média : é formada durante a divisão celular e está localizada entre as membranas primárias de células adjacentes. trata-se de uma camada fina constituída principalmente por um polissacarídeo chamado pectina. A pectina tem uma característica pegajosa e tem a função de manter a adesão entre as células vizinhas, funcionando como um "cimento celular".
  • Parede secundária : Após seu crescimento, algumas células secretam uma nova parede celular entre a membrana plasmática e a parede primária, denominada parede secundária. Sua composição química é diferente da parede primária e da membrana plasmática, sendo mais resistente e espessa e depositada em várias camada de lâminas.

O componente químico mais característico da parede celular dos vegetais é o polissacarídeo celulose.

Bactérias[editar | editar código-fonte]

Fungos[editar | editar código-fonte]