Instaladores para Aplicações Windows/Por que é necessário

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Instaladores para Aplicações Windows
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Utiliza-se instaladores para automatizar o processo de instalação de um programa, garantindo que, ao fim da instalação, o programa instalado esteja pronto para ser executado, evitando que o usuário precise realizar procedimentos, seja por falta de conhecimento ou por ser algo trabalhoso de ser feito, visto que toda a alocação dos arquivos, manipulação de registro, etc, seria feita pelo usuário. Alguns sistemas operacionais mais modernos nem permitem que o usuário faça, manualmente, modificações nas pastas do sistema, como: movimentações, exclusões de arquivos; enquanto os instaladores possuem a programação para realizar essas ações corretamente, baseada no script dos desenvolvedores.

Um instalador realiza ações como:

  • Verificar se o sistema atende aos requisitos necessários para execução do programa que irá ser instalado.
  • Checar versões já existentes do Software.
  • Criar ou atualizar arquivos e/ou pastas do programa que será instalado.
  • Adicionar dados de configuração como entradas no registro do windows, arquivos de configuração ou variáveis de ambiente.
  • Configuração de componentes que devem iniciar automaticamente ao se executar o programa instalado, como daemons(programas em segundo plano que são necessários para o programa principal funcionar) ou serviços do windows.
  • Realizar a ativação do programa, caso necessário.
  • Atualizar, se possível, uma versão já existente do software.

Um ponto negativo de se usar um instalador é que, algumas vezes, ao se utilizar uma "instalação expressa" ou "instalação rápida", que são instalações na qual o instalador não dá muita ciência ao usuário de tudo que será manipulado. Isso pode fazer com que o instalador insira programas indesejados ao computador utilizado.

Dependendo do tipo de instalação, alguns instaladores também têm como função mostrar ao usuário os termos de contrato para uso do programa que será instalado, cabendo ao usuário aceitá-los ou não.