História da moeda/Conclusão

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa
Oito reais mexicanos de prata de 1715. O uso do metal como moeda apresenta a vantagem de ser facilmente fracionável, facilitando as trocas.

Ao longo do tempo, diversos materiais foram utilizados como moeda pelo homem. Conchas, ouro, sal, bois, enfim, qualquer substância valiosa dentro de uma comunidade. E, de preferência, que fosse divisível e de fácil transporte. A partir de um certo momento, no entanto, o caráter distintivo da moeda passou a ser não o seu material constituinte apreciado pela comunidade, mas a garantia, por parte dos governos, de sua aceitação generalizada como meio de pagamento.

O estudo da história da moeda é muito útil para o estudo das sociedades humanas ao longo do tempo, pois as diferentes sociedades tendem a representar em suas moedas os valores mais importantes de sua cultura, como a religião, a política, as artes, a natureza, a economia, a história, a ciência etc..

O limite para a criação de novas formas de moeda, no futuro, é a imaginação humana.