História da Humanidade/Grécia antiga

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< História da Humanidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Grécia Antiga[editar | editar código-fonte]

Localização e povoamento[editar | editar código-fonte]

A civilização grega se desenvolveu na Península Balcânica, no sul do continente europeu, entre os mares Egeu, Jônico e Mediterrâneo. O território grego possui duas características marcantes: o relevo montanhoso (as montanhas dominam cerca de 80% do território), e o mar, já que praticamente nenhum ponto fica distante de sua costa recortada, com muitas ilhas e bons portos naturais propícios a navegação. O território da Grécia Continental é montanhoso, pedregoso e pouco fértil. O fato de existirem muitas montanhas na Grécia favoreceu o isolamento interno e a formação de cidades-estados independentes. E o vasto litoral, facilmente navegável, favoreceu o comércio marítimo.

Os primeiros habitantes são conhecidos como Pelasgos e se estabeleceram ali no período do Neolítico. Foram quatro os povos que formaram a civilização grega, e que por isso são considerados povos gregos. Eram povos com culturas bastantes semelhantes, que chegaram à Grécia um depois dos outros.

Periodização[editar | editar código-fonte]

É comum dividir a história da Grécia Antiga em cinco períodos:

  • Pré-Homérico: séculos XX a.C.-XII a.C.
  • Homérico: séculos XII a.C.-VII a.C.
  • Arcaico: séculos VII a.C.-VI a.C.
  • Clássico: séculos V a.C.-IV a.C.
  • Helenístico: séculos IV a.C-I a.C.

Período Pré-Homérico: a formação da civilização grega[editar | editar código-fonte]

A península Balcânica foi ocupada por vários povos de origem indo-europeia, vindos de migração. Essas migrações não ocorreram todas de uma vez, mas no decorrer de vários séculos. Os aqueus foram os primeiros à chegar a região, no início do II milênio a.C. Eles se estabeleceram no sul da península, na região chamada de Peloponeso. Depois vieram os eólios, e os jônios que se fixaram em diversos lugares: na própria península, nas ilhas do mar Egeu e nas costas da Ásia Menor (onde atualmente fica a Turquia). Mais tarde, chegaram os dórios, que ocuparam territórios como a Lacônia, Creta, outras ilhas do mar Egeu e parte do litoral da Ásia menor.

Mas ninguém vivia na Grécia quando os aqueus lá chegaram? Quando eles chegaram, o Peloponeso já estava habitado. As pessoas que lá viviam estavam sob influência da civilização cretense, ou minoica (termo que vem de Minos, nome de um rei cretense e personagem de um importante e conhecido mito grego).

A civilização cretense[editar | editar código-fonte]

Por volta de 2600 a.C, surgiu na ilha de Creta, a mais antiga civilização europeia conhecida. Sua população dedicava-se à agricultura da vinha e da oliveira e ao comércio marítimo com cidades da Ásia Menor e do Egito e com muitas ilhas do Mediterrâneo oriental.

A capital da civilização cretense era a cidade de Cnossos. Essa cidade não tinha construções muradas, o que leva a crer que seu poderio era mais comercial que militar. Ao que parece, sua frota marítima sustentava um intenso comércio na região do Mar Mediterrâneo, que abrangia desde o Egito até a Ásia Menor.

Pouco se sabe da vida social e da forma de governo dos cretenses, mas pode-se afirmar que seus reis habitavam palácios luxuosos, que constituíam o centro da vida cretense. Os mais importantes palácios çocalizavam-se em Cnossos, Faístos e Mátila. Os edifícios cretenses eram construídos em torno de um pátio central e compunham-se de locais de moradia, amplas salas de recepção, corredores, oficinas de artesanato e armazéns. Alguns ambientes eram decorados com pinturas coloridas que ilustravam figuras de procissões, exibições de acrobacia e seres do mar, como golfinhos, polvos, estrelas-do-mar e corais.

A civilização micênica[editar | editar código-fonte]

Os aqueus estiveram durantes muitos anos em contato com essa civilização e, assim, aprenderam muitas coisas com os cretenses, como produzir o bronze e escrever. A arte cretense também os influenciou.

Entre 1400 a.C. e 1100 a.C., os aqueus já tinham erguido cidades com grandes construções e estavam se tornando bastante poderosos. Os historiadores chamaram essa civilização de micênica, porque a cidade mais importante dos aqueus se chamava Micenas.

Período Homérico[editar | editar código-fonte]

Novas populações invadem a Grécia.

Período Arcaico[editar | editar código-fonte]

Formação da pólis.

Período Clássico[editar | editar código-fonte]

Consolidação da pólis.

Período Helenístico[editar | editar código-fonte]

Crise da pólis grega.