Guia dos Trouxas para Harry Potter/Personagens/Avery

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Avery
  • sexo = Masculino
  • cabelos = desconhecido
  • olhos = desconhecido
  • família = desconhecido
  • lealdade = Lord Voldemort


Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Avery (nunca foi mencionado o primeiro nome) é um Comensal da Morte. Permaneceu livre.


Papel nos Livros[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


O Cálice de Fogo[editar | editar código-fonte]

Quando o Trio vai visitar Sirius Black em sua caverna, Sirius comenta que Avery era um membro do grupo de futuros Comensais da Morte, do qual Severus Snape fazia parte e pelo que havia escutado, ele saiu de Azkaban alegando que esteve sob a Maldição Imperius, e agora estava livre.

Quando Lord Voldemort renasce e convoca seus Comensais da Morte, Avery é dos primeiros a responder ao chamado. Avery pede perdão e ganha de presente a Maldição Cruciatus.


A Ordem da Fênix[editar | editar código-fonte]

Num sonho, Harry vê Voldemort discutindo um plano com um de seus Comensais da Morte. Parecia que Avery havia sugerido uma maneira de recuperar um objeto que não funcionou. Augustus Rookwood, funcionário do Ministério, está explicando que aquilo jamais teria funcionado, e Voldemort, ouvindo isso, ordena a Avery que se apresente. Harry acorda, procura se desligar e tenta ignorar Voldemort torturando Avery.

Avery é um dos doze Comensais da Morte que perseguiram Harry e outros cinco membros da Armada de Dumbledore no clímax da Batalha no Departamento de Mistério. Acreditamos que Avery era um dos dez Comensais da Morte que ficaram na Sala do Véu, e portanto, um dos nove presos na sala pelo feitiço anti-aparatação de Dumbledore no final da Batalha.


O Enigma do Príncipe[editar | editar código-fonte]

Avery é mencionado apenas de passagem aqui porque foi enviado para Azkaban no final do livro anterior. Severus Snape confirma que ele estava entre os Comensais da Morte que não procuraram por Voldemort, quando ele falhou no ataque aos Potters.

Por duas vezes, o Professor Dumbledore e Harry assistem as lembranças de Horace Slughorn, de uma noite em especial, quando Slughorn se encontra com Tom Riddle e seus associados. Em ambas as lembranças, Slughorn repara que são onze horas e diz que está na hora de mandar os estudantes ali reunidos, para cama. Ele lembra especificamente a dois deles, Avery e Lestrange, que eles têm dever para fazer. Deve ser notado que esse não é o mesmo Avery que já vimos outras vezes, uma vez que aquele nasceu uma geração depois.

As Relíquias da Morte[editar | editar código-fonte]

Nas lembranças de Severus Snape, nós vemos Lily Evans mostrando desgosto pelos amigos de Snape, especificamente nomeando Avery e Mulciber.

Pontos Fortes[editar | editar código-fonte]

Pontos Fracos[editar | editar código-fonte]

Avery não parece muito competente.

Relacionamentos com Outros Personagens[editar | editar código-fonte]

Análise[editar | editar código-fonte]

Temos duas referências de que Avery era amigo de Snape quando estavam em Hogwarts. Isso contradiz a lembrança de Slughorn no livro seis, mostrando Avery como amigo de Tom Riddle, uma geração antes de Snape. Disso, se conclui que há dois Averys e que o Avery que conheceu Tom Riddle é o pai daquele que conheceu Snape. Acreditamos que o Avery mencionado na maior parte da série é o último, aquele que conheceu Snape, e que deveria ter por volta de trinta anos durante a série. Aquele que conheceu Tom Riddle teria por volta de sessenta anos durante a história, caso esteja vivo.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]