Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magic/Marca Negra

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Marca Negra
  • tipo = Sinal / Símbolo
  • características = crânio e serpente; aparição do sinal de Voldemort.
  • Aparece pela Primeira Vez === O Cálice de Fogo ===

Visão Geral[editar | editar código-fonte]

A Marca Negra é um símbolo mágico ou sinal, sendo a imagem de um crânio com uma serpente passando por dentro dele.

Descrição Estendida[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A Marca Negra, sendo um símbolo de Voldemort, é tão temido como o próprio. Há um encantamento, Morsmordre, que faz aparecer a imagem da Marca Negra flutuando no céu sobre o conjurador; esse símbolo era visto sempre flutuando sobre uma casa onde os habitantes tivessem sido mortos pelos Comensais da Morte.

Cada Comensal da Morte também tem uma cópia desse símbolo mágico ou emblema tatuado em seu antebraço esquerdo pelo próprio Voldemort; sua nitidez e cor mudam conforme o poder do Lord das Trevas. Essas tatuagens também servem como um sinalizador; quando Voldemort toca a Marca Negra de qualquer Comensal da Morte, todas as outras Marcas Negras ficam escuras e dolorosas. Isso é um sinal para todos os Comensais da Morte pararem o que estão fazendo e aparatar imediatamente ao lado de Voldemort. Parece que o aspecto comunicador da Marca também pode ser revertido, porque os Comensais da Morte podem tocar suas tatuagens para chamar Lord Voldemort.

Análise[editar | editar código-fonte]

É claro, e é muito significativo que o chamado do Lord das Trevas envolve inflingir dor em seus apoiadores. Apenas por isso já vemos que Voldemort traz seus seguidores na linha usando um chicote; eles o seguem mais por medo e na esperança de estar de bem com ele, ao invés de por respeito.

Não se sabe quanta informação é transferida através da Marca Negra. Quando a vemos ser usada pela primeira vez, parece ser para agir como um chamado; Voldemort diz que tocar a tatuagem de Rabicho, vai chamar todos os Comensais da Morte para seu lado. Mais tarde, vimos que individualmente, os Comensais da Morte parecem capazes de transferir mais informações do que apenas para que Voldemort os identifique e sua localização, mas também podem indicar que eles encontraram “o garoto” Harry. Como os Comensais da Morte individualmente usam a Marca para notificar Voldemort de eventos, também achamos que ela é um sistema de comunicações; pelo menos alguns Comensais da Morte podem saber quando outros se reportaram à Voldemort.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

  1. Voldemort tem uma Marca Negra? Se tem porque ele não a usa para chamar os Comensais da Morte, ao invés de usar a tatuagem de Pettigrew?

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Claramente, quando Voldemort convoca todos os seus Comensais da Morte até o cemitério no livro quatro, é uma rede de comunicações, uma vez que mais de um Comensal responde. O fato deles responderem com tamanha rapidez, indica que eles sabem que foi Voldemort quem os chamou, o que significa que basta tocar na tatuagem para saber quem chama (Relembre que foi a Marca de Pettigrew que Voldemort tocou, não a sua própria – se é que ele tem uma). Quando Alecto Carrow chama Voldemort porque Harry foi localizado dentro de Hogwarts, Snape evidentemente intercepta a mensagem.

Tanto no tipo de rede de comunicações e na habilidade de passar informações extras, pode-se ver uma grande semelhança com o feitiço Proteu. Hermione repara a similaridade quando fala com membros da AD no livro cinco.