Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/O Prisioneiro de Azkaban/Capítulo 8

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Capítulo 8 A Fuga da Mulher Gorda[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Atualmente, as aulas de DCAT (Defesa Contra as Artes das Trevas) são as mais interessantes e populares. Embora os Slytherins reclamem que o Professor Lupin usa roupas velhas e remendadas, todos os outros adoram as aulas e descobrem que elas são práticas. Infelizmente essa é sua única aula divertida. Poções é terrível, especialmente depois que o Professor Snape descobriu que Neville transformou o Bicho Papão numa imagem de Snape vestido com roupas de senhora. Snape agora zomba de Neville sem pena, nas aulas.

Adivinhação também é bem ruim, com a Professora Trelawney sempre predizendo a morte de Harry e olhando para ele com os olhos cheios de lágrimas.

Trato das Criaturas Mágicas também é muito ruim, especialmente porque Hagrid perdeu a confiança, agora ele só ensina sobre Vermes Cegos.

A boa coisa é que o Quadribol está começando, e Oliver Wood quer que o time pratique desde o início de outubro. Wood agora freqüenta a sétima série e sabe que essa é a sua única chance de ganhar a Copa do Quadribol para a Gryffindor. Ele sente que a Copa deveria deveria ter sido deles nos últimos dois anos, mas Harry não pode participar do jogo crítico no seu primeiro ano, e no segundo ano, a Copa foi cancelada.

Começou o aviso do primeiro fim de semana em Hogsmeade. Ron sugere a Harry, que não conseguiu a permissão, que peça a Professora McGonagall. Quando eles estão discutindo isso, o gato de Hermione, Bichento, ataca Perebas, o rato de estimação de Ron. No dia seguinte, Ron está ainda aborrecido e mal fala com Hermione.

No dia seguinte, o Trio está a caminho da aula de Transfiguração e encontra Lavender chorando por que seu coelho de estimação, Binky, tinha sido morto por uma raposa. Ela e Parvati ligam esse acontecimento à previsão feita pela Professora Trelawney na primeira aula de Adivinhação, e acham que Hermione não tem coração quando ela tenta, sem sucesso, explicar que uma coisa não tem nada a ver com outra.

Seguindo a idéia de Ron, Harry pede à Professora McGonagall para assinar a permissão para que ele vá a Hogsmeade com os outros alunos, mas ela se recusa a quebrar as regras. Harry deve aceitar o fato de ficar. Percy só faz as coisas ficarem piores com seu jeito pedante de consolar Harry.

Andando sem rumo em volta do castelo no sábado, Harry encontra com o Professor Lupin. Ele convida Harry para tomar chá no seu escritório e para ver o Grindylow, que ele acabou de receber para a próxima aula. Quando Harry pergunta porque foi impedido de enfrentar o Bicho Papão, Lupin explica que ficou preocupado que ele virasse Voldemort e apavorasse a turma toda. Harry ficou um tanto surpreso porque Lupin usou o nome de Voldemort mas se acalmou com a explicação. Quando Harry lhe conta que pensou em Voldemort mas logo percebeu, que temia mais os Dementadores, Lupin fica impressionado porque Harry tinha mais medo do medo do que de um ser de verdade.. Eles são interrompidos pelo Professor Snape que entrega um cálice a Lupin. Depois que Snape sai, Harry preocupado com o possível conteúdo do cálice, avisa a Lupin que a maioria dos alunos acha que Snape faria qualquer coisa para ficar com seu lugar de professor de DCAT, mas Lupin bebe a poção sem duvidar.

Ron e Hermione chegam com muitas histórias sobre Hogsmeade. Eles também ficam bobos ao saber que Lupin aceitou beber uma coisa preparada por Snape. Naquela noite Lupin vai à Festa do Dia das Bruxas, mas Harry percebe que ele parece triste. Harry observa Snape fitando Lupin mais atentamente do que sempre. Os alunos voltam para a Torre da Gryffindor, mas há uma confusão na entrada; a Mulher Gorda sumiu, seu retrato está rasgado. O Professor Dumbledore é chamado e pergunta a Pirraça, que diz que foi Sirius Black quem rasgou a pintura.

Análise[editar | editar código-fonte]

Conforme rola uma guerra entre Bichento de Perebas, o relacionamento entre Ron e Hermione vai ficando mais complicado. Os leitores podem observar isso, mas Hermione evidentemente não, que Bichento está mirando em Perebas, embora não saibamos o porquê. Hermione parece não se importer e acha que os gatos atacarem pequenos animais é um comportamento normal, mas nós, podemos ver que Bichento não tem interesse em nenhum outro pet, como Trevor, o sapo de Neville. Por que ele tem obsessão por Perebas?

Considerando os comentários de Draco, nesse livro, capitulo 7, que Harry deveria querer se vingar de Sirius Black, pode ser feita uma ligação. Por que as pessoas com autoridade para dar permissão a Harry para visitar Hogsmeade, como Fudge e McGonagall, se negaram e por que Mr. Weasley tentou fazer Harry prometer não ir atrás de Sirius Black? Mas, Harry não consegue ligar os fatos.

Desde a conversa com o Professor Lupin, vemos Lupin muito preocupado com o bem estar de Harry, assim como de toda a turma. Lupin alias é mais preocupado com seus alunos do que qualquer outro professor, com a possível exceção do Professor Dumbledore. Os Slytherins, no entanto, estão agindo normalmente, fazendo comentários grosseiros sobre as vestes puídas de Lupin, com certeza, mais impressionados com a aparência superficial de uma pessoa do que com o seu caráter e suas habilidades.

Harry continua pensando por que Snape iria dar uma poção para Lupin, embora ele não saiba o que havia no cálice. No entanto, deveria ser alguma coisa mais do que uma simples bebida, para Snape levar pessoalmente; e o comentário de Lupin, que o açúcar iria arruinar os efeitos, indicam também que havia ingredientes mágicos. Embora Harry suspeite que no cálice havia veneno, isso não seria possível, mesmo considerando a antipatia dele com relação a Lupin; a boa vontade de Snape ao ser visto entregando o cálice a Lupin, com certeza, se não foi uma atitude inocente, pelo menos não permite que alguém culpe Snape pelo que acontecer a Lupin. O que Harry esqueceu, evidentemente, é que Snape precisa cumprir as leis, como todo mundo, e que se fizer algo de muito mal, certamente sofrerá as conseqüências. Lupin sabe que Snape não pode envenená-lo assim abertamente, então se sente seguro para ignorar o aviso de Harry, mas deve haver alguma razão para Snape ter feito uma poção para Lupin.

Sirius Black invadiu o castelo supostamente impenetrável, assim como passou pelos perversos Dementadores, fazendo com que Hogwarts se mostrasse bem menos seguro do que se acreditava. O leitor pode imaginar que Black invadiu Hogwarts da mesma forma que escapou de Azkaban, embora não saibamos como ele o fez.

Podemos ver alguns motivos aqui, para Hermione desprezar Adivinhação. No capitulo 6, em Análise, é comentado que a Professora Trelawney usa truques de “adivinhos de circo”. Um foi uma “previsão” muito vaga para Lavender Brown, “Aquilo que você teme. Vai acontecer numa sexta-feira, dia 16 de outubro.” No dia 16 Lavender fica sabendo que uma raposa matou seu coelho de estimação, Binky. Hermione se pergunta como isso se encaixa na previsão, procurando lembrar exatamente o que foi dito. A morte do coelho foi uma surpresa ou Lavender estava esperando por isso? Aconteceu no dia 16 ou ela apenas ficou sabendo no dia 16? Hermione deduz que Lavender racionalizou sua experiência para combinar com a previsão. Lavender e Parvati, no entanto, agora parecem endeusar a Professora Trelawney. Durante o resto do livro, essas duas parecem passar todo o tempo livre na sala de aula de Adivinhação.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que McGonagall se recusa a assinar a permissão para Harry ir a Hogsmeade?
  2. Qual foi a explicação de Lupin para impedir Harry de encarar o Bicho Papão? Ele está dizendo a verdade?
  3. Por que Harry avisa a Lupin para não beber a poção de Snape? Qual a resposta de Lupin? O que Ron e Hermione pensam, eles estão certos?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Bichento ataca apenas Perebas e nenhum outro pet?
  2. A segurança de Hogwarts era suposta de ser impenetrável. Como Sirius Black entrou lá?
  3. Os Dementadores trabalham para o Ministério da Magia e estão em Hogwarts para proteger Harry enquanto procuram por Sirius Black. Portanto, por que Harry tem tanto medo deles, mais do que de Voldemort e mesmo de Sirius? Baseado no que já foi visto, o medo de Harry é justificado?
  4. Por que Snape daria uma poção a Lupin, e o que seria?
  5. Por que Lupin parecia triste durante a festa e por que Snape olhava para ele com tanta atenção?


Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Ninguém sabe como Black invadiu Hogwarts, embora fique bem claro que ele entrou no castelo de alguma forma. Mais tarde descobrimos que há duas passagens secretas para o castelo, uma começa na Casa dos Gritos e termina no Salgueiro Lutador, e outra vai do interior da escola ao porão da Dedos de Mel em Hogsmeade. É possível que Black tenha entrada na Casa dos Gritos e usado o túnel de lá ou entrado pelo porão da Dedos de Mel. Ele também pode, simplesmente ter entrado normalmente; os feitiços de proteção em volta de Hogwarts devem ser específicos para humanos, uma vez que, as corujas, por exemplo, passam livremente pelos terrenos da escola. No entanto, não sabemos de que modo esses feitiços poderiam detectar Black em sua forma de Animago, um cachorro. Black explica mais tarde, que os Dementadores perceberam o cachorro quando ele estava transformado, embora o Mapa do Maroto de Harry, que ele ganha pouco antes do Natal, vai detectar outro Animago humano enquanto transformado. Esse Animago, sera mais tarde revelado, era Peter Pettigrew, que todos imaginavam que Sirius tivesse assassinado. Bichento, com certeza sabe a diferença. Ele nunca atacou o sapo de Neville, Trevor, nem Pichitinho, a pequenina coruja que Black deu a Ron, ao invés disso, seu alvo é somente Perebas, entre todas as criaturas. Seus ataques são motivados pelo fato de Perebas ser, de fato, um Animago. Black também é um Animago e mais tarde, ele explica que levou um longo tempo para conquistar a confiança de Bichento e pedir sua ajuda.

Ainda se passarão alguns meses até que Harry fique sabendo que Black é dito culpado de ter traído seus pais, James e Lily para Voldemort, e mais alguns meses até que ele saiba a verdade.

Até que Harry, e nós, saibamos a história contada sobre Sirius, estávamos sem entender porque não queriam dar permissão para Harry ir a Hogsmeade. Black aparentemente quer matar Harry, embora Harry veja essa ameaça com menos medo do que ele já havia passado com Voldemort por três vezes. Com os Dementadores rondando Hogsmeade e protegendo a escola, todos acham que Harry está a salvo de Black, mas não têm certeza se Harry sabe da história em que todos acreditam, que Black traiu os pais de Harry. Todos imaginam que se Harry soubesse, ele iria tentar encontrar Black mesmo saindo da proteção dos Dementadores.

É interessante, que as autoridades, com a possível exceção de Dumbledore, tenham errado em considerar que, se Black passou desapercebido pelos Dementadores de Azkaban, ele provavelmente poderia fazer isso novamente entrando em Hogwarts e achando Harry. Também, ninguém, com exceção de Lupin percebeu que os Dementadores têm uma estranha atração por Harry, o que os torna mais perigosos para o garoto do que Black parece ser.

Os leitores, assim como Harry suspeitam que Snape fez uma poção infectada para Lupin. No entanto, essa é outra pista com relação à condição de Lupin, que ainda não é conhecida. Snape deu a ele a Poção de Acônito, que permite a Lupin, que é um lobisomem, manter sua sanidade durante as transformações mensais. Sem a poção ele se torna selvagem, um matador incontrolável. Lupin mais tarde comenta que ele não teve medo de ser envenenado, porque seria mais fácil que Snape fizesse a poção de forma errada; uma mistura incorreta e Lupin poderia provavelmente ferir algum aluno e ser dispensado ou aprisionado. E a Poção de Acônito é algo extremamente complicado de fazer, portanto Snape poderia dizer que havia sido um erro de sua parte.

É estranho Snape estar observando Lupin tão atentamente na festa do Dia das Bruxas. Mas, é claro, que Snape poderia estar imaginando se preparou a Poção de Acônito corretamente, porém agora, já no fim de outubro, já se passaram uma ou duas luas cheias, durante o ano escolar antes dos eventos desse capitulo, portanto a poção já deve ter sido usada. Imaginamos que a preocupação de Snape também aconteceu em outras ocasiões, mas o Trio não reparou porque eles não sabiam do uso da poção.

Apenas como uma nota, devemos mencionar que é muito arriscado para Lupin estar no Expresso de Hogwarts. Se uma lua cheia ocorreu perto de 31 de outubro, a anterior deve ter sido perto do dia 2 de outubro, e a precedente em 3 ou 4 de setembro. Como o Expresso de Hogwarts viaja em 1º de setembro, a viagem de Lupin deveria ter ocorrido no período de uma semana antes da lua cheia, durante a qual ele deveria ter tomado a poção todos os dias. Seria fácil para Lupin perder uma dose enquanto em viagem.


Também foi mencionado que Lavender e Parvati passavam muito tempo com a Professora Trelawney. O interesse delas, quase uma obsessão com Adivinhação se estende além desse livro e elas aparentemente passaram nos exames N.O.M. de Adivinhação.

Embora seja um ponto menor na trama, é interessante reparar que o Professor Lupin mostra para Harry o novo Grindylow, quando convida o garoto para tomar um chá em seu escritório. Muitos anos depois (no livro 7), os membros da Ordem da Fênix vão transportar Harry para uma casa segura, para então confirmar a identidade de Harry, Lupin pergunta qual a criatura que estava no seu escritório na primeira vez em que Harry entrou lá.

Conexões[editar | editar código-fonte]

  • No escritório de Lupin, Harry nota a diferença na decoração entre Lupin e o Professor Lockhart. Ele também notou a diferença de estilo no mesmo escritório quando ocupado pelo Professor Olho-Tonto Moody e a Professora Umbridge.
  • O Grindylow que nós vimos no escritório de Lupin será mencionado de novo no último livro, capitulo 5, quando Lupin precisa confirmar a identidade de Harry. Também podemos ver Grindylows na Segunda Tarefa do Torneio Tribruxo em O Cálice de Fogo, capitulo 26; Harry não irá, no entanto, usar o fato de saber que os Grindylows têm dedos frágeis, como Lupin ensinou, para escapar de suas garras.
  • O fato de Snape estar preparando a poção para Lupin, mais tarde será vista como uma indicação da verdadeira lealdade de Snape. Snape declaradamente não gosta de Lupin, mas mesmo assim prepara a poção, que, como veremos permite que ele evite os efeitos terríveis da sua licantropia. Lupin mais tarde, comenta que seria muito fácil para Snape errar na poção e com isso Lupin cometer alguma violência. Em retrospecto, o fato de Snape preparar e administrar a poção com toda atenção, mostra sua lealdade a Dumbledore.