Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/O Prisioneiro de Azkaban/Capítulo 18

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Capítulo 18 Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Harry , Ron, Hermione, insistem que Lupin e Black devem estar loucos. Perebas não pode ser Peter Pettigrew, Sirius Black o matou há doze anos atrás. Black diz que tentou matá-lo sim, mas ele não sabia que Peter fugiu disfarçado como Perebas. Black tenta pegar Perebas, mas Ron ainda agarrado ao rato, grita de dor quando sua perna quebrada é empurrada. Lupin insiste que Harry deve compreender tudo antes que Pettigrew morra. Black concorda mas, pede que Lupin seja rápido, ele quer cometer o assassinato pelo qual ele foi condenado e preso. Quando Ron recorda a Black que testemunhas o viram matar Pettigrew e os Trouxas, Black argumenta que foram iludidos. Hermione interrompe para dizer que, Pettigrew não está entre os sete Animagos registrados. Lupin então afirma que havia três Animagos não registrados freqüentando Hogwarts.

Ron, percebendo uma porta que aparentemente abre sozinha, diz que acredita que a Casa dos Gritos é assombrada, mas Lupin diz que não é. Que os gritos que o povo do vilarejo ouvia, eram seus e não de algum fantasma. Antes de existir a Poção que permite ao lobisomem manter sua consciência, a Casa dos Gritos foi construída especialmente para mantê-lo preso durante suas transformações. O Salgueiro Lutador foi plantado para proteger o túnel que leva à Casa. As transformações eram terríveis, mas Lupin tinha três grandes amigos: Sirius Black, Peter Pettigrew e James Potter. Após descobrirem que ele era um lobisomem, ao invés de abandonarem o amigo, eles secretamente se tornaram Animagos para apoiá-lo. Eles levaram três anos para aprender com perfeição a transformação, que conseguiram em seu quinto ano. James e Black aprenderam sozinhos, mas Pettigrew precisou da ajuda deles. Depois de transformados, ele podiam correr, seguramente, com Lupin, pela Floresta Proibida. Sirius e James eram grandes o suficiente para dominar um lobisomem, embora às vezes, ficasse meio complicado. Suas formas de Animagos determinaram seus nicknames; Black era Almofadinhas, James era Pontas, Pettigrew, o rato, era Rabicho.

Harry pergunta qual animal era seu pai, mas Hermione interrompe, dizendo que devia ser perigoso um lobisomem correndo livre. Lupin admite que era, mas eles eram jovens e despreocupados. Lupin se arrepende de jamais ter contado à Dumbledore que Black é um Animago, mas diz que ficou envergonhado por ter traído a confiança de Dumbledore, por ter vagueado por Hogsmeade como um lobisomem. Lupin diz que acreditou que Black estivesse apoiando Voldemort e se convenceu de que Black usou magia negra para entrar no castelo, ao invés de usar a forma Animago. Ele confessa que Snape estava parcialmente certo, ao dizer que ficando em silêncio, Lupin estava ajudando Black. Black quer saber como Snape está envolvido, e Lupin explica que Snape agora é professor em Hogwarts. Ele conta ao Trio que Black uma vez, enganou Snape, que estava curioso sobre os desaparecimentos mensais de Lupin. Black contou a ele sobre o Salgueiro Lutador e como entrar no túnel. Foi a intervenção de James, no último minuto que salvou Snape de encontrar com Lupin transformado num lobisomem feroz. Dumbledore, é claro, proibiu Snape de revelar qualquer coisa sobre a condição de Lupin. Harry então fala: “é por isso que Snape não gosta do senhor.” Atrás de Lupin tirando a Capa da Invisibilidade, Snape responde, “Isso mesmo!”

Análise[editar | editar código-fonte]

Muitas perguntas foram respondidas, mas Harry mal consegue entender o que está acontecendo. Nada é o que parece, e Harry estava tão envolvido na crença de que Sirius Black era culpado, que ele mal pode considerar outra explicação. As revelações a respeito dos papéis de Lupin e Pettigrew apenas aumentaram a confusão. Independente de tudo isso, Harry descobre mais coisas sobre seu pai e seus amigos que nunca imagino, e percebe melhor a animosidade entre Snape James Potter.

Deve existir poucos Animagos; é de presumir que conseguir a habilidade de se transformar seja muito difícil para a maioria dos bruxos, e é mencionado aqui, que Pettigrew só conseguiu com a ajuda de James e Sirius. Dos quatro Marotos, Pettigrew era o mais fraquinho – fisicamente, intelectualmente e magicamente ele não possuía a habilidade dos outros. Ser um Animago é com certeza uma habilidade muito útil, embora seja também uma destreza que pode ser usada para propósitos não éticos ou ilegais. É por isso que todos os bruxos Animagos devem ser registrados no Ministério da Magia, não fazendo isso, estão quebrando as leis e é considerado um crime. É evidente que isso jamais impediu James Potter, Sirius Black e Peter Pettigrew, cuja solidariedade para com seu amigo Remus Lupin, estava acima de qualquer preocupação com as leis.

Uma pequena nota – Foi no inicio desse livro, o terceiro ano de Harry, que nós, e Harry, somos apresentados à transformação em Animago. Lupin diz aqui, que James e Sirius aprenderam a técnica após três anos, conseguindo fazê-lo no quinto ano; isso indica que, eles começaram a pesquisar imediatamente após descobrir sobre a transformação e levaram, por volta de três anos para eles próprios se transformarem. É possível que James e Sirius sabiam sobre a transformação antes de ser ensinada a eles, mas nós sabemos que é uma habilidade muito rara. Isso também significa que James e Sirius descobriram o fato de Lupin ser um lobisomem, em algum momento dos primeiros dois anos deles em Hogwarts.

A porta abrindo, aparentemente sozinha, levando Ron a comentar que a Casa dos Gritos é assombrada, deve ser notada. É bastante claro que, foi nesse momento que Snape, sob a Capa da Invisibilidade de Harry, entrou no aposento, no entanto é bem possível que ele estivesse ouvindo do lado de fora. Embora ele, com certeza tenha ouvido que os Marotos eram Animagos, talvez tenha perdido que Perebas é Pettigrew, ou, sendo Snape,ele pode apenas simplesmente recusar-se a acreditar. Esse é mais um exemplo das pequenas distrações onde a autora é excelente, nossa curiosidade sobre a porta é logo ofuscada pelas revelações que Lupin está fazendo. Alguém pode pensar porque Lupin e Sirius não parecem preocupados com a porta; mas é preciso notar que nenhum dos dois ainda sabe da Capa da Invisibilidade, uma vez que esse tipo de coisa é muito raro. Eles podem ter pensado que poderia ser algo relacionado à Casa e não que alguém (Snape) estivesse os espionando, invisível.

Sabemos que Dumbledore sabe que Snape foi resgatado por James de um Lupin transformado em lobisomem, e portanto Snape soube da condição de Lupin, quando ainda era estudante. É possível que ele também soubesse sobre as aventuras secretas de James, Sirius e Pettigrew, junto com um potencialmente mortal lobisomem. Isso pode ter sido um erro da parte da autora, mas se, de fato Dumbledore sabia dos Animagos ilegais, até podemos pensar que Lupin tenha se aquietado, achando que Dumbledore nunca descobriria. Também é possível que os acontecimentos entre Snape e Lupin tenham ocorrido antes que Sirius, James e Pettigrew tivessem conseguido se transformar em Animagos; a possibilidade de vaguear com o lobisomem (como diz um “famoso” livro do “famoso” Gilderoy Lockhart) talvez nem tivesse ocorrido a eles ainda.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Sirius Black, James Potter e Peter Pettigrew se tornaram Animagos não registrados? Como eles conseguiram isso ?
  2. O que Lupin e Black revelam sobre Perebas?
  3. Por que Black quer matar Pettigrew?
  4. Para que foi construída a Casa dos Gritos? Ela é assombrada?
  5. Qual é a ligação do passado de Severus Snape com Black, Lupin, Pettigrew e James Potter?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. O que o nickname de James Potter (Pontas) indica sobre seu formato animal de Animago?
  2. Por que existem tão poucos Animagos na história dos bruxos?
  3. Por que todos os Animagos precisam ser registrados no Ministério da Magia?
  4. Embora Lupin sempre tivesse acreditado na culpa de Black, por que ele nunca revelou a habilidade secreta de Animago de Black?

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


Um Animago não consegue escolher seu formato de animal; ao contrário, sua forma reflete o caráter interno da pessoa. A forma de rato, com certeza, parece apropriada para Pettigrew (Rabicho), representando o animal menos desejável, enquanto Sirius (Almofadinhas) na forma de um cão dá ênfase à amizade, coragem e fidelidade. É de se notar que, no mundo ocidental, o rato é associado em geral á covardia, traição, falsidade e sujeira. No entanto, em outras culturas ele pode representar qualidades admiráveis, e no zodíaco chinês, o Rato simboliza inteligência, adaptabilidade e dedicação. Rowling usa as características do ocidente, embora algumas das orientais possam ser usadas em Pettigrew, incluindo nervosismo, astúcia e oportunismo, traços em geral, associados à Slytherin. Por que o Chapéu Seletor colocou Pettigrew na Gryffindor, é uma decisão misteriosa e jamais explicada; Slytherin seria mais apropriada. No entanto, uma vez que, Pettigrew conseguiu se tornar um Animago, pode indicar que sua habilidade mágica era grande, embora bravura, lealdade e nobreza, traços da Gryffindor, não estivessem entre seus atributos. “Pontas” se refere ao Animago de James Potter, um cervo. É interessante notar que é a mesma forma do Patrono totalmente formado de Harry. Foi por isso que Lupin ficou tão emocionado depois do jogo de Quadribol contra a Ravenclaw, no capitulo 13, reconhecendo a forma Animago de James. Com a possivel exceção de Black, que esteve presente num jogo anterior e pode ter visto o Patrono, e talvez, do supostamente Perebas (Pettigrew), ninguém mais, presente, poderia entender o significado da forma do Patrono. Harry, ocupado tentando pegar o Pomo nem pode ver o seu próprio Patrono, assim ele perdeu a pista mais importante para saber a que o nickname de seu pai se referia.

Nesse capitulo vemos que Harry pergunta qual era a forma Animago de seu pai, mas Hermione de maneira inconveniente interrompe antes do garoto receber a resposta. Esse é mais um exemplo de usar o timing e o disfarce, características em que a autora se supera; embora a pergunta não tenha sido respondida, de alguma maneira, o fato de ter sido perguntada parece suficiente, dado ao excesso de coisas ocorrendo.

A grande aversão de Ron por aceitar que Perebas seja Pettigrew, é certamente uma negação de sua parte. Se Perebas é Pettigrew, então Ron dividiu sua cama com um homem adulto, desconhecido, durante os últimos três anos pelo menos. Essa situação é horrível para Ron sequer pensar nela, é algo que ele se recusa a aceitar. Harry também reluta a aceitar o que está sendo revelado, isso talvez vá contra a crença tão aceita por todos, de que Black traiu seus pais. No entanto, ele está sendo convencido pela história precisamente contada por Lupin e Black, com o reforço de sua confiança em Lupin. A chegada de Snape, vai também reforçar a história de Black, porque Snape rejeita tudo o que Lupin e Black afirmam, mesmo os acontecimentos que podem ser imediatamente provados. A desconfiança de Harry em Snape, combinada com a tentativa de Snape de desmentir tudo, são a melhor coisa para convencer Harry que as intenções de Black são boas.

É mencionado que a inclusão de Pettigrew ao grupo dos Marotos parece estranha. Os outros três ficaram amigos de Pettigrew, porque ele fez de tudo para cair nas boas graças deles, e possivelmente, porque ele inventava travessuras interessantes para eles se divertirem. Mais tarde vamos ver que os Marotos, com a possível exceção de Lupin, eram mais do que maliciosos, e esse aspecto da personalidade de Pettigrew, deve tê-los atraído. O caráter fraco e covarde de Pettigrew eventualmente resultou no abandono e traição de seus amigos, passando para o lado de Voldemort.

Como foi mencionado, baseado naquilo que foi revelado desde que entrou no aposento sob a Capa da Invisibilidade, Snape ouviu que os Marotos eram Animagos, mas não ouviu a afirmação de Black e Lupin de que Pettigrew estava vivo sob o disfarce de Perebas. No entanto, isso não parece relevante para Snape, e, no próximo capitulo, Snape forma sua própria teoria sobre o que aconteceu, agindo de acordo com suas idéias, e, literalmente, abandonando qualquer coisa em contrário.

Na seção acima, Análise, é mencionado que, da mesma forma que Dumbledore sabia que Snape estava ciente, ainda estudante, de que Lupin era um lobisomem, é possível que ele também soubesse das outras traquinagens dos Marotos. Não podemos garantir até esse ponto, mas Dumbledore parece sugerir num capitulo mais tarde, que não sabia que os três Marotos eram Animagos até Sirius contar para ele. Embora Dumbledore saiba de quase tudo que acontece na escola, parece que ele não sabia da habilidade de Sirius em se transformar num cachorro, uma vez que nada foi feito para impedir que Sirius entrasse na escola na forma canina. Os professores e monitores foram avisados para tomar cuidado com Sirius, mas nunca houve uma menção de que ele poderia aparecer como um cão. Portanto, podemos concluir que Dumbledore não sabia de muitas das atividades extracurriculares dos Marotos.

Então, porque Lupin diz que Snape foi avisado para não revelar seu segredo? Dumbledore, em setembro, quando Lupin foi apresentado na escola, ainda concordava com a crença do Ministério, de que havia sido Sirius (o fiel do segredo) quem revelou o paradeiro dos Potters para Voldemort. Dumbledore também sabia da raiva de Snape por James ter salvado sua vida, e podia imaginar, conhecendo os sentimentos de Snape por Lily Evans, que Sirius também devia ser muito detestado. Dumbledore mais tarde soube, porque Snape contou, que Snape sentia que a lealdade entre Lupin e Sirius ainda era muito forte, apesar da traição de Sirius com os Potters. (Nós ouvimos Snape reforçando essa sua opinião, depois que Sirius entrou pela primeira vez na Sala Comunal da Gryffindor, quando Harry e todos os outros alunos estavam dormindo no Grande Salão.) É claro, que também existe muito ciúme e inveja; como se sua simples existência não fosse suficiente, Lupin ainda teve a audácia de ser convidado para o emprego que Snape sempre quis. E finalmente, Snape teve que preparar, todos os meses, as doses da Poção de Acônito que mantinha Lupin menos perigoso.