Saltar para o conteúdo

Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/O Cálice de Fogo/Capítulo 32

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.


Capítulo 32
Osso, Carne e Sangue
[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A Taça Tribruxo é uma Chave de Portal, e deposita Harry e Cedric num cemitério. Enquanto eles olham à sua volta tentando entender onde estão, uma figura se aproxima, aparentemente carregando um bebê. A cicatriz de Harry está queimando; ele solta sua varinha e cai no chão. Uma voz alta ordena “Mate o outro”. Cedric é instantaneamente morto pela Avada Kedavra, pelo homem que se aproxima. Harry, através da dor desesperadora, mal percebe que está amarrado a uma lápide, que tem escrito o nome Tom Riddle. Ele reconhece quem o atacou – Rabicho. Rabicho checa se Harry está bem amarrado e o amordaça com força, depois sai. Olhando para o fardo, próximo da sepultura, Harry fica impressionado pelo criatura, meio criança, meio serpente. Sua cicatriz queima novamente quando a coisa olha para ele com seus olhos vermelhos em fendas. Rabicho retorna com um enorme caldeirão de pedra, que contém uma poção transparente, colocando-o ao lado do fardo e acendendo o fogo sob ele. Rabicho pega a criatura e a coloca dentro do caldeirão; Harry deseja que aquilo se afogue.

Rabicho faz com que o túmulo sob os pés de Harry se rache, lá de dentro sai algo tipo uma poeira; ele canta, “Osso do pai, dado sem saber, renove o filho!” Rabicho joga dentro do caldeirão. Cortando fora sua mão e jogando dentro do caldeirão, ele continua hesitante, “Carne – do servo – da..dada de bom grado – reanime – o seu amo!” Cheio de dor e choramingando, ele faz um corte no braço de Harry com a faca e recolhe o sangue num vidrinho. Conforme ele entorna no caldeirão, ele canta, “As-sangue do inimigo – tirado à força – ressuscite –seu adversário!”

O caldeirão solta nuvens grossas de vapor e do meio delas surge uma figura esquelética que desce para o chão, mandando que Rabicho traga suas vestes. Lord Voldemort acaba de renascer.

Análise[editar | editar código-fonte]

Cedric morre e Voldemort renasce. A morte de Cedric foi uma tragédia, mas o pior é que ele foi morto apenas por ser um problema inesperado para o plano diabólico de Voldemort. Depois de sua dedicação e luta e da vitória merecida, a vida de Cedric é apagada num instante, como se ele não fosse nada além de um inseto incomodo. Harry, não apenas vê Cedric morrer, mas ele vê também a ressurreição pavorosa de Voldemort, na qual Harry é forçado a participar, seu sangue é adicionado à monstruosa mistura que recupera o corpo do Lord das Trevas. Além de serem ligados pelas varinhas irmãs e através da cicatriz de Harry, que absorveu alguns dos poderes de Voldemort, eles agora estão mais unidos, ligados pelo sangue; como esse elo vai afetar os eventos futuros, não se sabe.


Quando Harry se vê cara a cara com Voldemort, completamente recuperado e totalmente poderoso, ele o vê pela primeira vez como um ser humano. Antes, ele era apenas um rosto grotesco agarrado à cabeça do Professor Quirrell, no primeiro livro, e como o jovem Tom Riddle na lembrança do diário, no segundo livro. Agora, ele é um ser de carne e sangue, preparado para matar Harry, antes de inflingir mais desgraças no mundo mágico, que nada sabe, e que ele pretende conquistar.

Reparamos, embora não tenha sido mencionado diretamente, que as evidencias nos fazem crer que esses eventos ocorrem em Little Hangleton. Os pontos importantes que o leitor pode observar seriam, o cemitério onde o pai de Tom Riddle está sepultado, e a “silhueta escura de uma bela casa antiga” que Harry vê na encosta do morro quando chega nesse lugar. Voldemort e Rabicho estão presentes e isso é muito sugestivo, sabemos desde o capitulo 1 desse livro, que eles estavam vivendo, pelo menos uma parte do tempo, na antiga Mansão Riddle.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Cedric Diggory foi morto?
  2. Harry foi transportado para esse cemitério, em especial, por alguma razão? Se a resposta é sim, por que?
  3. Por que Voldemort usa o sangue de Harry em seu ritual?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Rabicho sacrifica sua mão? Essa carne usada no ritual muda seu relacionamento com Harry ou com Voldemort? Explique.
  2. Pela primeira vez Harry vê Voldemort como um humano completo. Como isso muda sua perspectiva com relação à Voldemort, e como isso irá afetar suas próximas lutas?

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Voldemort, usando o sangue de Harry para ressuscitar, estreitou, sem intenção, a ligação já existente entre eles. Tanto Harry quanto Voldemort não sabem que essa ligação já existia, e foi forjada quando Voldemort tentou matar Harry, que tinha um ano de idade. Quando o Professor Dumbledore ouve que Voldemort usou o sangue de Harry, demonstra “um brilho de alguma coisa que poderia ser triunfo”.

No último livro, quando Voldemort novamente lança a Maldição Mortal sobre Harry, esse laço de sangue que liga Harry e Voldemort, é tudo o que liga Harry à vida, permitindo que ele sobreviva à Avada Kedavra pela segunda e última vez, causando a queda definitiva de Voldemort.

A carne de Rabicho também é usada no ritual, embora nunca tenha sido explicado, se isso tem alguma ligação com Harry ou Voldemort. Rabicho também (no terceiro livro) ficou com um débito de vida para com Harry. Pode ser que a mistura do sangue com a carne aumente essa obrigação? Embora seja interessante considerar, isso é apenas especulação.

Uma das coisas não muito bem explicadas nos livros, uma vez que são, a principio, dirigidos às crianças, é a origem do “bebê” que Rabicho está carregando. Um leitor adulto pode parar para questionar, de onde veio aquilo, uma vez que Voldemort, sem corpo, ficaria tão fraco para conjurar feitiços, e Pettigrew não parece ser um bruxo muito forte. Reparamos que muitos eventos, do mesmo tipo, parecem ter mais lógica para leitores adultos; reparamos, em especial, o episódio com a Professora Umbridge e os centauros, no livro cinco. Os adultos, que sabem mais sobre os hábitos dos centauros, compreendem porque Umbridge foi parar na ala hospitalar depois que foi resgatada por Dumbledore. Nenhuma pista foi dada para a origem do que os fãs chamam de “bebê Voldy”, só podemos especular.

Indo mais fundo nas especulações, então, vamos considerar Bertha Jorkins. Bertha, que esteve em Hogwarts ao mesmo tempo que os Marotos, deveria ter cerca de 34 anos quando, ficamos sabendo que ela saiu de férias e não voltou. Aparentemente ela foi para a Albânia, um destino meio estranho para uma mulher solteira escolher de férias. É possível que por causa de seus problemas de memória, ela tenha ficado grávida, tenha esquecido de fazer alguma coisa a respeito, até que fosse tarde demais, de acordo com a lei da Grã Bretanha, e tirou umas “férias médicas” num país onde poderia resolver o problema da gravidez, mesmo que estivesse avançada. No próximo capitulo vamos descobrir que ela foi aprisionada por Rabicho, e levada até Voldemort, que a interrogou e depois a matou. É possível que Voldemort tenha se apropriado da criança ainda não nascida para abrigar sua alma. Nós ficamos sabendo que Rabicho está alimentando o bebê com alguma coisa, provavelmente veneno, que é fornecido por Nagini, talvez com alguma modificação mágica. Como isso manteve o pseudo bebê vivo, nem tentamos imaginar, mas suspeitamos que Voldemort estava vivendo dessa dependência.

Assistir a morte de Cedric vai afetar Harry terrivelmente, através de todo verão ele vai ter pesadelos. Isso também vai modificar seu relacionamento com Cho Chang, uma vez que, primeiro ela procura Harry para saber mais sobre a morte de Cedric, depois se apoia nele buscando um consolo, que ele não consegue lhe dar, e finalmente o deixa quando não consegue lidar com a sua perda.

A morte de Cedric também permite que Harry veja as criaturas chamadas Thestrals, que são visíveis apenas para quem viu a morte de perto, e são uma constante lembrança daqueles que partiram. Os Thestrals têm um papel importante no quinto livro.

Embora Dumbledore aceite imediatamente a afirmação de Harry de que Voldemort retornou, isso será discutido pelo Ministério da Magia, que vai continuar a negar essa “verdade inconveniente”, enquanto condenam Harry e Dumbledore ao desprezo público e ao ridículo, mostrando Harry como delirante, mentiroso, caçador de atenção. Isso vai ser especialmente complicado para Harry por causa da posição de Fudge, mais ou menos um ano antes (no terceiro livro), que defendia a idéia de que Sirius Black estava preparando o retorno de Voldemort. Para piorar as coisas, o Ministério vai afirmar que Cedric morreu de ferimentos causados por seu próprio descuido, durante o torneio. A recusa do Ministério de aceitar a volta de Voldemort vai causar uma briga de um ano, entre Dumbledore e o Ministério, com os alunos de Hogwarts, especialmente Harry, se tornando vítimas, presas entre essas duas forças opostas.

Conexões[editar | editar código-fonte]

  • A morte de Cedric será o motivo direto de diversos acontecimentos nos próximos livros:
    • Harry vai ter pesadelos por causa desse acontecimento, logo no início do quinto livro.
    • O relacionamento entre Harry e Cho Chang será um resultado direto, porque Cho quer saber detalhes sobre a morte de Cedric e isso vai aproximá-los.
    • Harry vai conseguir ver os Thestrals, que puxam as carruagens, aparentemente sem cavalos, da escola, e fica imaginando se essas criaturas, que Ron não consegue ver, são alguma manifestação das artes das trevas.
  • O retorno de Voldemort é, claro, a trama central e seus efeitos se estenderão durante toda a história.
  • O fato de Voldemort usar o sangue de Harry em sua reanimação, vai estender a proteção, inicialmente dada pelo sacrifício de sua mãe, e mantida pela estadia de Harry na casa dos Dursleys. Por causa disso, Voldemort não vai conseguir matar Harry. Essa é também a principal trama da história, embora até então se mantenha escondida.