Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/As Relíquias da Morte/Capítulo 21

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Capítulo 21
O Conto dos Três Irmãos[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Xenophilius Lovegood explica que o símbolo das Relíquias da Morte não é totalmente magia das trevas, embora, um jovem no casamento de Bill e Fleur achou que era. É apenas um símbolo que indica que a pessoa está em busca das Relíquias da Morte e vem do “Conto dos Três Irmãos. Harry nunca tinha ouvido falar nisso, mas Ron e Hermione tinham; Hermione lê a história alto, dos “Contos do Beedle o Bardo.”

Xenophilius, embora inquieto, ainda conta como os três irmãos enganaram a Morte e ganharam objetos dela. Esses objetos eram a Elder Wand, uma varinha imbatível num duelo; a Pedra da Ressurreição, que, quando virada três vezes, conjurava as almas do além para o mundo dos vivos; e a Capa da Invisibilidade da própria Morte. Juntos esses objetos formam as Relíquias da Morte, e embora seja um conto de fadas, as Três Relíquias de fato existem. Recordando o símbolo no túmulo de Ignotus Peverell em Godric´s Hollow, Hermione pergunta se existe alguma ligação com a família Peverell. Xenophilius responde que se acredita que Ignotus era um dos irmãos da história. Harry, em particular, lembra que já ouviu o nome Peverell em algum lugar.

Enquanto Xenophilius prepara o jantar, o Trio discute as três Relíquias. Hermione admite que a varinha tem a história mais bem documentada. As histórias de magia contam com muitas varinhas super poderosas, e ali parece haver uma ligação consistente com alguma varinha até os tempos atuais. A Pedra da Ressurreição é descartada como sendo uma espécie de Pedra Filosofal, mas a Capa da Invisibilidade pode ser aquela que está no bolso de Harry. Ela passou por todos os testes do tempo e ao contrário de outras capas de invisibilidade comuns, não ficou puída e nem perdeu a eficácia.

Harry vai até o quarto de Luna e observa que está empoeirado e aparentemente não foi usado; Luna deveria estar em casa para as férias e supostamente pescando. Harry novamente pergunta a Xeno sobre onde está Luna e por que só há quatro pratos na mesa para jantar. Xeno tenta evitar que o Trio vá embora, depois admite que “eles” levaram Luna como punição por causa dos artigos do Pasquim. Hermione percebe vassouras se aproximando; Xeno puxa a varinha mas Harry empurra os outros dois para o lado. O feitiço acerta o chifre do Erumpent pendurado na parede, que explode jogando Xenophilius pela escada abaixo, enquanto a impressora cai também pela escada.

No andar debaixo, dois Comensais, Travers e Selwin, perguntam porque Xeno os chamou e tentou detoná-los. No andar de cima, Hermione joga a Capa da Invisibilidade sobre Ron, depois conjura um feitiço de memória em Xeno, quando ele vem chegando por sobre os escombros. Ela explode um buraco através do chão usando Deprimo. Enquanto eles caem, Harry vê os Comensais. Hermione desaparata os três em segurança.

Análise[editar | editar código-fonte]

Além de buscar informações sobre as Relíquias da Morte, o Trio também foi até lá porque Xenophilius Lovegood é simpático à causa de Harry, fazendo publicidade. No entanto vimos que os Comensais o forçaram a abandonar esse apoio, aprisionando sua filha, Luna. Controlar a família através de sequestro de seus membros, é comum nos regimes totalitários e isso através da História.

Considerando como é perigoso para qualquer um apoiar Harry, a gente se pergunta por que Xeno continuou publicando O Pasquim em sua casa, ao invés de se esconder como muitas outras famílias bruxas ou por que Luna permaneceu em Hogwarts, que está agora sob o controle de Voldemort. Mas, assim como Luna, os pontos de vistas estranhos e as crenças exóticas de Xeno, toldaram sua percepção da realidade, e ele bem poderia estar desligado dos perigos, ou acreditava estar imune a qualquer perigo. Infelizmente, isso custou a liberdade de sua filha, e possivelmente a vida dela caso ele não cooperasse com os Comensais da Morte de Voldemort. Agora, Xeno vai fazer qualquer coisa para salvar sua única filha, inclusive trair Harry Potter.

Viktor Krum e outros acreditam que o símbolo das Relíquias da Morte é uma Marca Negra. É possível que muitas pessoas, incluindo Krum, nunca compreenderam o verdadeiro sentido ou origem, associando o símbolo com o maligno, apenas porque Grindelwald o adotou e depois, caindo em desgraça em Durmstrang, se tornou um dos mais conhecidos bruxos da história. Daí em diante, o símbolo das Relíquias da Morte foi para sempre manchado e considerado como sendo das Trevas. Sua imagem benigna ficou associada com o mal e há precedentes a esse respeito. A suástica nazista é hoje em dia um ícone moderno: suas origens na verdade datam à história antiga como um símbolo sagrado em muitas religiões da Ásia e do Oriente Médio como o Hinduísmo, Budismo e outras. Isso ocorreu porque ele está ligado ao povo Indo-Europeu, incluindo os Arianos e a Alemanha Nazista adotou esse símbolo no meio do século 20, como seu emblema para representar pureza racial e superioridade.

Emboa algumas culturas da Ásia ainda consideram a suástica como símbolo da sorte, fortuna e vitória, ela é logo lembrada (e ainda utilizada) no Ocidente para simbolizar a supremacia branca e o preconceito. Sendo assim, se presume que isso aconteceu também no mundo bruxo, associando o símbolo das Relíquias com Grindelwald, assim como o crânio e a serpente, a Marca Negra, simbolizam Voldemort, embora que esse símbolo em especial, não esteja ligado a nenhuma conotação do bem.

Harry agora sabe o que são, realmente, as Relíquias da Morte, mas ele vai levar um tempo para compreender por completo seu significado. A Capa da Invisibilidade parece ser a mesma que Harry possui, portanto parece que as outras Relíquias de fato existem. Em especial, a Elder Wand parece que tem uma existência real, como mostram os assassinatos documentados de maneira bastante lógica seguindo seu caminho. Se a Elder Wand de fato existe, e Harry encontrá-la e conseguir sua lealdade, ela poderá ser a arma mais poderosa contra Voldemort. Harry, novamente está confuso; quem controlar todas as três Relíquias é supostamente “o mestre da Morte”. Dumbledore incumbiu Harry de encontrar e destruir os Horcruxes que faltassem; será que possuindo as três Relíquias sua missão ficaria mais fácil? Será que ele deveria reunir toda sua energia para juntar as Relíquias e então talvez evitar a morte quase certa, ao enfrentar a varinha de Voldemort? Nem Harry, nem nós, temos respostas para essas perguntas.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. De que maneira a explicação de Xenophilius sobre o símbolo das Relíquias da Morte difere do que Viktor Krum contou para Harry no casamento de Bill e Fleur?
  2. Por que Viktor Krum e outros acreditam que o símbolo das Relíquias da Morte é uma Marca Negra?
  3. If Xenophilius tem apoiado Harry em seu jornal O Pasquim, por que o entregou para os Comensais da Morte? Ele teve razão ao fazê-lo?
  4. Por que Harry suspeitou da ausência de Luna e onde ela poderá estar?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Xenophilius e Luna nunca se esconderam, de modo que Xeno poderia continuar publicando seus artigos pro-Harry no Pasquim com segurança? Xeno deveria ter deixado Luna permanecer em Hogwarts? Se não, por que?
  2. Das três Relíquias da Morte, por que a Pedra da Ressurreição foi rejeitada como a mais difícil de existir? Essa explicação tem lógica? Dentre os três amigos, quem estaria mais interessado nela e por que?
  3. Por que Hermione cobriu Ron com a Capa da Invisibilidade enquanto que deixou, deliberadamente, que os Comensais a vissem com Harry, antes de fazer os três desaparatarem em segurança?
  4. Que tipo de comparação atual pode ser feita entre um símbolo do bem como as Relíquias da Morte que passam a se tornar um símbolo do mal? Por que é tão difícil superar uma imagem negativa quando o símbolo é usado de modo falso, mesmo quando se sabe que a origem desse símbolo é boa?


Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

As Relíquias da Morte mencionadas por Xenophilius Lovegood são reais, embora seja improvável que existissem três irmãos que, literalmente enganassem a Morte. Acredita-se que eles podem ter sido baseados na família Peverell, de quem tanto Harry quanto Voldemort podem descender; sugere-se que eles poderiam ser apenas bruxos talentosos.

Enquanto isso, vamos descobrir que o objeto que Voldemort anda procurando é na verdade uma das Relíquias, chamada Elder Wand. É fato sabido que o paradeiro da Elder Wand é desconhecido, mas descobriremos que ela estava na posse de Dumbledore quando de sua morte. Voldemort vai descobrir isso e recuperar a varinha da tumba de Dumbledore. Como afirma a lenda, essa varinha é imbatível em duelos, Voldemort acredita que ela vai sobrepujar a de Harry como, tanto sua varinha quanto a de Lucius Malfoy não conseguiram.

De qualquer modo, a história dos Três Irmãos nos conta que o Mestre da Elder Wand sempre fica vulnerável à derrota, e é assim que Dumbledore não apenas veio a possuí-la mas também perdeu sua lealdade. Embora Harry não vá ter a Elder Wand até o fim da guerra, ainda assim ela será uma arma poderosa contra Voldemort, por razões que ainda serão explicadas.

Harry, como foi mencionado, lembra de ouvir o nome Peverell em algum lugar. Eventualmente ele se lembrará do anel que Marvolo Gaunt sacudiu no nariz de Bob Ogden no sexto livro, na Penseira de Dumbledore, dizendo que era o anel dos Peverells. Harry também viu esse anel no dedo de Tom Riddle, numa lembrança recuperada pelo Professor Slughorn, também na mão ferida de Dumbledore quando ele busca Harry no verão e depois em cima da mesa de trabalho de Dumbledore.

Onde ele está agora e qual seu significado, ainda não sabemos; mas Harry, lembrando do anel, vai começar a recordar que o símbolo das Relíquias estava gravado nele, e vai começar a crer que a pedra do anel é a Pedra da Ressurreição. Acontece que ele está certo, e que, sem saber, ele está carregando o anel com ele; mas o anel só será revelado até que ele chegue a bons termos com a morte ou seja a dominando.

Hermione, mesmo sob pressão, reage com muita inteligência e previsão no final desse capítulo. Com poucos minutos para agir, ela protege tanto a família Weasley quanto Xeno, enquanto carrega os dois amigos junto para segurança. Ela explica no próximo capítulo que, permitindo aos Comensais vê-la com Harry, ela protege Xeno, confirmando que ele os viu e chamou com razão. Ela também usa a Capa da Invisibilidade para esconder Ron (também de Xeno usando um feitiço de memória) para não só proteger o amigo como sua família. Caso Ron fosse descoberto com Harry e Hermione, ao invés de estar doente de cama, Voldemort e seus Comensais iriam marcar a família Weasley assim como fizeram com os Lovegood.