Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/As Relíquias da Morte/Capítulo 20

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Capítulo 20
Xenophilius Lovegood[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na manhã seguinte, Hermione e Ron permaneciam distantes, embora Ron estivesse alegre quando ele e Harry estavam sozinhos. A melhora recente na sorte deles com a volta de Ron, recuperando a Espada de Gryffindor e destruindo o Medalhão Horcrux, criou uma atmosfera mais otimista.

Dentre as novidades contadas por Ron está que o nome de Voldemort foi enfeitiçado e virou tabu, qualquer pessoa que fale o nome dele será rastreado e feitiços protetores serão quebrados. Foi assim que os Comensais os encontraram tão rápido em Tottenham Court Road. Eles especularam sobre quem enviou o Patrono Corça, e conversaram sobre a amizade profunda entre Grindelwald e Dumbledore. Ron comenta um programa de radio chamado Potterwatch, que conta novidades corretas. É necessário uma senha para acessar, e Ron perdeu o último programa.

Hermione sugere visitar Xenophilius Lovegood. A carta de Dumbledore para Grindelwald, reproduzida no livro de Rita Skeeter, contem o mesmo símbolo que Mr. Lovegood estava usando e que também está ligado ao livro “Os Contos de Beedle o Bardo”, além de estar gravado no túmulo de Peverell. Harry fica relutante depois da desventura em Godric´s Hollow, mas Hermione insiste que essas ligações são importantes. Ron fica ao lado de Hermione comentando que Xenophilius no final, estava publicando artigos pró Harry no Pasquim, embora Harry suspeite que Ron apenas quis agradar Hermione.

Na semana seguinte o Trio desaparata até Ottery St. Catchpole, uma vila perto da Toca e perto dos Lovegoods, que foi mencionada pela primeira vez no livro quatro. Depois de andar um pouco, uma casa estranha cilíndrica aparece, três símbolos pintados à mão indicam que o editor do Pasquim mora ali.

Plantas esquisitas e criaturas que Luna usou ou mencionou, podem ser vistas no caminho para a casa. Xenophilius Lovegood muito maltratado vem atender à porta e relutantemente convida o Trio para entrar. Lá dentro, Xeno parece ansioso, cobre seus artigos a imprimir e resiste aos pedidos de Ron e Hermione para ajudar Harry, embora tenha pedido aos leitores para ajudar. Perguntado sobre Luna, Xeno afirma que ela está pescando no riacho. Harry observa uma estátua de pedra de uma mulher usando um enfeite de cabeça bizarro. Xeno explica que a estátua foi modelada baseada em Rowena Ravenclaw usando seu diadema, agora perdido. Harry pergunta sobre o símbolo que Xeno usou no casamento de Bill e Fleur. Xeno diz que aquele é o símbolo das Relíquias da Morte.


Análise[editar | editar código-fonte]

Diversos elementos não humanos tem um papel importante nesse capitulo, junto com os humanos. Essa é a primeira vez que um objeto identificável da Ravenclaw é mencionado. Embora alguns fãs tenham especulado que a varinha na vitrine da loja de Ollivander pudesse ser da Ravenclaw, agora um objeto específico está conectado positivamente a ela.

Sabendo que estamos procurando por objetos que os quatro Fundadores de Hogwarts possuíram um dia, devemos prestar atenção no fato de Ravenclaw ter possuído um diadema que as pessoas vêm procurando há anos.

Também temos aqui o rádio, ou wireless como é conhecido, isso é importante porque mostra que há canais de comunicação underground, que providenciam informações confiáveis sobre Harry Potter, Voldemort e a guerra. Assim como as histórias de Xenophilius Lovegood no Pasquim, o “Potterwatch” um programa wireless, ajuda a informar e chega à comunidade bruxa levando notícias acuradas e sempre atualizadas. Agindo como uma única voz, ele cria solidariedade entre os bruxos e encoraja seus ouvintes, que podem estar com muito medo ou mal informados, a resistir ao Lorde das Trevas e aos seus Comensais da Morte.

Esses noticiários são parecidos com as comunicações de radio que serviam às populações na guerra e, mais tarde no comunismo no meio do século 20. Isso também mostra o poderoso efeito que a mída pode exercer sobre as massas; se esse poder pode ser usado para o bem ou para o mal depende de quem o controla e como a informação será disseminada. Se Ron pode ligar no programa "Potterwatch" ele pode se tornar uma ferramenta essencial, não apenas por dar ao Trio informações atuais, mas para ajudar Harry a reconectar laços com velhos amigos, e se alinhar com os outros que estão lutando por uma causa comum. O noticiário do radio sobre quem foi morto ou capturado lembra a Harry, que o reinado de terror de Voldemort afeta muitas pessoas não apenas a ele.

O estranho símbolo que o Trio encontrou repetidamente e que Xeno identificou como símbolo das Relíquias da Morte, permanece com seu significado sendo um mistério. A aparência maltratada de Xeno e seu comportamento são certamente suspeitos, especialmente considerando que ele vinha apoiando Harry em seu jornal. O comportamento estranho de Xeno Lovegood com certeza indica que existe algo de estranho por aqui, especialmente quando ele só aceita atender ao Trio quando pressionado. A ausência de Luna é peculiar, também, e Xeno afirma que ela está pegando peixes para o jantar é muito suspeito; o Trio logo fica com a pulga atrás da orelha.


Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que o Trio foi procurar Xenophilius Lovegood? Como ele pode ajudá-los?
  2. Onde está Luna?
  3. Por que Viktor Krum e outros acreditam que o símbolo das Relíquias da Morte representa magia das trevas, quando aparentemente não é?
  4. Qual é o símbolo das Relíquias da Morte?


Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Xenophilius tem uma estátua igual à Rowena Ravenclaw usando seu diadema? Isso pode ser importante para a missão de Harry? Se pode, por que?
  2. Como o radio pode ser usado para lutar contra Voldemort? Como pode ser usado contra Harry?
  3. Como pode Xenophilius, um ardente defensor de Harry Potter, parece relutante em ajudar o Trio?
  4. Por que Xeno cobriu os artigos para impressão?

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

O Trio vai descobrir, finalmente, que o símbolo se refere às Relíquias da Morte e, não é magia das trevas como Viktor Krum por engano afirmou, embora tenha sido adotado por Grindelwald, mais ou menos da mesma forma que Hitler adotou a suástica no mundo dos Trouxas, durante o mesmo período. No entanto vai levar um tempo para Harry entender o que são as Relíquias, se elas estão ligadas ou não à sua missão, ou se Dumbledore preferiria que ele as procurasse separadamente. Eventualmente, vamos saber que Dumbledore queria que Harry e o Trio descobrissem as Relíquias, especialmente a Elder Wand, mas, ao invés de revelar sua existência, ele escolheu que o Trio descobrisse as Relíquias gradualmente, para evitar que eles caíssem na mesma armadilha que ele caiu. Dumbledore temia que, ao descobrir a história das Relíquias e seu suposto poder sobre a morte, Harry iria abandonar a busca pelos Horcruxes, e ficasse obcecado com a idéia de ressuscitar seus pais perdidos. Na verdade isso quase aconteceu.

Harry vendo a estátua de Rowena Ravenclaw com o diadema perdido é crucial, porque é a primeira vez que se imagina que o objeto de Ravenclaw pode ter sobrevivido aos tempos presentes. Mais tarde, Harry descobre que Voldemort transformou o verdadeiro diadema num Horcrux. Harry deu de cara com o diadema sem saber o que era, enquanto procurava um lugar para esconder seu livro de Poções na Sala Precisa, no livro seis. Ele usou o diadema como ponto de referência para lembrar onde estava o livro. No entanto, Harry obviamente não tinha idéia de que aquele era um dos Horcruxes de Voldemort.

O comportamento estranho de Xenophilius, é importante notar, porque vamos ver que no próximo capítulo, quando o Trio chega na casa dele, imediatamente ele manda uma coruja para o Ministério da Magia avisando a eles. O leitor atento vai reparar a coruja no jardim assim que o Trio se aproxima da casa e ela está voando para fora da janela assim que Harry olha quando Xeno diz que vai chamar Luna; alguns leitores podem achar que a coruja foi enviada para chamar Luna. Mas logo vamos descobrir que Xeno informa ao Ministério apenas porque Luna havia sido presa pelos Comensais da Morte e Xeno achava que informando sobre Harry, eles poderiam soltá-la.