Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Pedra Filosofal/Capítulo 6

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

De volta à casa dos Dursleys, Harry precisava esperar ainda um mês antes de ir para Hogwarts. Tio Vernon concorda em levá-lo até Londres apenas porque tem uma consulta marcada com um cirurgião que vai remover o rabinho de porco de Dudley. Os Dursleys deixam Harry na estação e ele não consegue encontrar a Plataforma 9 e meio, de onde o trem deve sair. Observando uma outra família, aparentemente bruxa, Harry descobre como ir para a Plataforma do trem de Hogwarts. Essa é a família Weasley e Harry conhece três dos quatro irmãos Weasley que estão freqüentando Hogwarts, Fred e George e Ron que também está no primeiro ano e divide o compartimento do trem com Harry. Percy Weasley é Monitor e portanto viaja no compartimento dos Monitores. Ron conta para Harry sobre os Sapos de Chocolate e as figuras dos Bruxos Famosos que tem em cada pacote; Harry tira a figurinha de Albus Dumbledore entre outras. Ron também fala sobre a tentativa de assalto ao Banco Gringores no Beco Diagonal e Harry fica interessado por causa de sua recente visita.

Durante a viagem de trem, muitos outros estudantes param no compartimento para se apresentarem ao famoso Harry Potter. Um menino tímido chamado Neville Longbottom aparece lá procurando o seu sapo, Trevor; Hermione Granger, uma menina um tanto mandona, chega logo depois tentando ajudar Neville a encontrar Trevor. Ela parece desdenhar quando Ron tenta lançar um feitiço que falha, fazendo com que os dois meninos não gostem nem um pouco dela. Mais tarde Draco Malfoy, o menino que Harry encontrou na loja de Madame Malkin no Beco Diagonal, entrou lá acompanhado por dois amigos, Crabbe e Goyle. Malfoy tenta convencer Harry a se aliar a ele; isso não dá certo até porque Malfoy fala mal da família Weasley, que chama de gente pobre. Os três tentam roubar as gulodices que Harry havia comprado, mas Perebas, o ratinho de estimação de Ron ataca Goyle. Finalmente Hermione retorna dizendo que o trem está prestes a chegar a Hogwarts e eles devem vestir suas vestes escolares.

Na Estação de Hogsmeade, Hagrid aparece e conduz os alunos do primeiro ano até uns barquinhos que levam os estudantes através do lago até o Castelo de Hogwarts.


Análise[editar | editar código-fonte]

A jornada de Harry rumo a uma nova vida e um futuro desconhecido, começa oficialmente a bordo do Expresso de Hogwarts. Embora ele tenha que voltar periodicamente para a casa dos Dursleys até se tornar adulto, os laços emocionais com a antiga família e o mundo Trouxa, agora estão cortados para sempre; é provável que Harry dificilmente, se é que alguma vez, volte à sua antiga vida Trouxa quando se tornar adulto, deixando aquela vida e aquela família permanentemente para trás.

No trem, Harry faz alguns novos amigos, embora muitos pareçam querer conhecê-lo apenas por curiosidade de encontrar alguém tão famoso, isso deixa Harry um tanto desconfortável porque todos sabem muito sobre ele enquanto que ele, não sabe nada sobre eles.

Ron e Harry, sendo da mesma idade, imediatamente fazem amizade, e Ron muito pouco impressionado pela fama de Harry, passa para ele todas as informações sobre os bruxos, enquanto Harry conta sobre os Trouxas.

Se sentindo inseguro e estressado, Harry conta para Ron suas preocupações de ser o pior da classe e Ron o ajuda a acabar com esses receios. Ron vai continuar a guiar Harry (e mais tarde Hermione) nos meandros da sociedade mágica. Harry também reencontra Draco Malfoy, o garoto esnobe do Beco Diagonal e conhece seus companheiros desagradáveis, Crabbe e Goyle. Por recusar a oferta de amizade de Draco, se é que pode ser considerada assim, Harry se torna seu principal inimigo em Hogwarts. A superioridade com que Draco fala de Ron e de sua família, também nos dá um vislumbre do preconceito relacionado à linhagem que é uma praga no mundo Mágico, e que Hagrid mencionou de passagem depois do encontro entre Harry e Draco. Esse preconceito logo introduzido no inicio da série sugere que este será o fator mais importante em toda a história.

Hermione Granger, fazendo sua primeira aparição na série, é descrita como uma verdadeira sabichona – sua atitude vai dar a ela poucos ou quase nenhum amigo, embora ela provavelmente seja menos confiante do que deseja parecer. Harry e Ron imediatamente não gostam dela, embora não da mesma forma que não gostam do trio - Malfoy, Crabbe e Goyle – que eles detestam por bons motivos.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Como Harry percebeu que os Weasley também eram bruxos? Como eles o reconheceram?
  2. Como os estudantes no trem, reagiram a Harry?
  3. Por que Harry se interessou pela tentativa de invasão ao Banco Gringotes?
  4. Por que o rato de Ron, Perebas, atacou Goyle?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Draco tenta fazer amizade com Harry?
  2. Por que Harry recusa a oferta de amizade de Draco? Por que Draco reage daquele jeito?
  3. Descreva o caráter de Hermione e explique porque Harry e Ron não gostaram dela. Eles estão sendo honestos e será que os sentimentos deles com relação a ela podem mudar?
  4. Como tio Vernon vai explicar ao cirurgião como Dudley arranjou o rabinho?
  5. Por que a maioria dos estudantes quer ser amigo de Harry? Como Harry se sente a esse respeito?
  6. Como a relação de camaradagem com Ron é aparentemente diferente dos outros estudantes que querem ser amigos dele?

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A personalidade rígida de Hermione, cumpridora de regras, se abranda durante a série; Harry e Ron não têm idéia do quanto ela será importante em suas vidas, em especial de Ron. O amadurecimento dos personagens, especialmente de Hermione e de Ron, e um pouco menos de Harry, ajuda de maneira significativa a fazer a história tão atraente e realista. E enquanto Ron acha Hermione tão chata e tão diferente de si mesmo, ele não tem idéia de que encontrou seu único e verdadeiro amor; no entanto, o caminho para o romance entre os dois será difícil.

A figurinha dos Bruxos Famosos de Albus Dumbledore, é a chave para uma pista crucial para o enigma que deve ser resolvido neste livro. Enquanto muito do que Harry aprende lendo a figurinha de Dumbledore do Sapo de Chocolate vai ser importante neste livro, ela será muito mais ainda no livro 7. Numa interligação espantosa entre o primeiro livro e o último, nós descobrimos que Grindelwald, mencionado na figurinha do Sapo de Chocolate, teve uma influência sobre o jovem Dumbledore e teve um papel muito importante, embora não central no último livro da série.

É um pouco curioso ver que Draco Malfoy tentou fazer amizade com Harry. Draco é bem ligado na herança puro sangue de sua família, e com certeza sabe que Lord Voldemort foi de alguma forma derrotado pelo famoso Harry Potter. Qualquer que fosse o verdadeiro motivo, nunca foi revelado, embora seja interessante considerar o que aconteceria se Harry tivesse aceitado a oferta de amizade de Draco, e em que isso teria afetado sua decisão de não ser aceito na Slytherin.

O interesse de Harry na invasão do Banco Gringotes pode ser um presságio do episódio em que ele, Ron e Hermione invadem com sucesso esse mesmo banco em As Relíquias da Morte, para roubar um dos Horcruxes de Voldemort, que estava guardado no cofre dos Lestrange.

Também o amado bichinho de Ron, Perebas, vai se mostrar algo bem diferente do que um simples rato, mas os leitores podem reparar que ele age para impedir Draco e seus companheiros de roubar as gulodices de Harry e Ron.


Conexões[editar | editar código-fonte]

  • Mais tarde neste livro (capitulo 11), Hagrid comenta que o pequeno pacote sujo que ele pegou em Gringotes era problema apenas de Dumbledore e de Nicolas Flamel. Na figurinha dos Bruxos Famosos, de Dumbledore, está escrito que Dumbledore e Flamel tinham trabalhado na Pedra Filosofal. Harry faz essa ligação quando Neville Longbottom dá a ele outra copia da figurinha de Dumbledore (no capítulo 13).
  • A ligação entre Dumbledore e Gellert Grindelwald, que também é mencionado na figurinha de Dumbledore será mais explicada em As Relíquias da Morte. A disputa entre Grindelwald e Dumbledore acerca do tratado dos doze usos do sangue de dragão, será mencionada de passagem também. Esse tratado também será mencionado em O Enigma do Príncipe capitulo 4.
  • A invasão aqui mencionada, sera expandida no capitulo 8 desse livro. Será mencionada novamente quando Harry planejar ele mesmo, invadir o Banco Gringotes, no livro As Relíquias da Morte capitulo 24. Será em parte, por causa da primeira invasão que o duende Grampo vai concordar em ajudá-los.
  • Essa é a primeira vez que vemos Perebas, que será um personagem muito importante em O Prisioneiro de Azkaban.